Economia e Política de Saúde

Objectivos

Objectivos de aprendizagem (conhecimentos, aptidões e competências a desenvolver pelos estudantes) 

Desenvolver a capacidade dos alunos para desenvolver, interpretar e aplicar a economia aos cuidados de saúde.  

A partir da informação disponível ou gerada, analisar o desempenho passado e actual do SNS, numa perspectiva de economia política, identificando lacunas e disfunções de efectividade, equidade, qualidade, identificando as alternativas de mudança em cada actividade e sector

Treinar a capacidade de análise, crítica, identificação e selecção de alternativas, bem como adestrar os participantes na preparação cuidada de medidas de implementação de mudanças.

Reflectir sobre a forma de incorporar de ideias, métodos e resultados da economia da saúde na prática quotidiana da gestão de serviços de saúde.

Identificar e reconhecer o papel relativo dos parceiros de causa (stakeholders), as suas motivações e bloqueios, identificando as acções necessárias à reorientação das suas energias para um revigoramento do SNS orientado em exclusivo para o interesse público

Caracterização geral

Código

9359

Créditos

4.0

Professor responsável

Cláudia Furtado , Francisco Ventura Ramos

Horas

Semanais - A disponibilizar brevemente

Totais - 38

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

 

Requisitos para frequência


Leitura de inglês

Inscrição nos CMSP, CMGS, CEAH, PDSP  

Bibliografia

Bibliografia principal 

Barros, P.P., Machado, S.R. e Simões, J.A. (2011), Portugal, Health System Review, European Observatory on Health Systems and Policies, Health Systems in Transition, vol 13, Nº 4.

Campos, A.C. (2008) Reformas da Saúde, o Fio Condutor, Livraria Almedina, Coimbra

Campos, A. e Ramos, F. (2005) Contas e Ganhos na Saúde em Portugal, Dez anos de Percurso, Desafios para Portugal, Seminários da Presidência da República, Casa das Letras, (159-223)

Simões, J. (2010) 30 Anos do Serviço Nacional de Saúde: Um Percurso Comentado. Almedina, Coimbra.

Simões, J., P.P. Barros e J. Pereira, J. (2008) A Sustentabilidade Financeira do SNS. Ministério da Saúde, Lisboa. 

Método de ensino

Metodologias de ensino (avaliação incluída) 

Aprendizagem activa e participada, com leitura indispensável dos textos de base e discussão de tópicos ou exercícios.

Todas as sessões serão iniciadas com uma exposição a cargo de um docente, seguindo-se-lhe uma discussão de tópicos relacionados com o tema em análise.  

Avaliação contínua, efectuada através da observação da participação dos alunos (30% da classificação final).

6 ensaios individuais curtos (máximo de 4000 caracteres) sobre temas propostos pelos docentes.  

Método de avaliação

A disponibilizar brevemente

Conteúdo

Conteúdos programáticos 

Introdução: política e reforma da saúde; 

Macroeconomia;

Indústria Farmacêutica; 

Medicamentos (INFARMED);

Financiamento (ACSS);

Perfil de morbilidade (DGS);

Administrar um hospital (público versus privado); 

Associações de doentes; 

CSP (USF, ACES); 

Cuidados continuados;

Inovação; 

Seguros de saúde;

Subsistemas de saúde; 

Política de saúde.