Financiamento e Contratualização em Saúde

Objectivos

Objectivos de aprendizagem (conhecimentos, aptidões e competências a desenvolver pelos estudantes)

Esta unidade curricular constitui uma unidade introdutória ao estudo dos Modelos de Financiamento e da Contratualização em Saúde. Estabelece os componentes chave da disciplina e dá particular ênfase à relação entre financiar, distribuir e gerir recursos em saúde. Proporciona uma introdução ao desenvolvimento, à terminologia desta disciplina e aos domínios de aplicação da contratualização, como indutor de inovação em saúde. No final, os discentes deverão ser capazes de:

Discutir os principais Modelos de Financiamento e Modalidades de Pagamento em Saúde;

Distinguir várias formas de contratualização em saúde;

Compreender o processo de contratualização nas suas várias vertentes e dimensões no contexto das necessidades de saúde de uma dada população para a definição de serviços apropriados para as satisfazer;

Adquirir um conjunto de competências e atividades analíticas complexas, no sentido de estabelecer a relação entre as necessidades em saúde identificadas e as opções de resposta das organizações prestadoras de cuidados de saúde;

Saber estabelecer prioridades em contextos nacionais, regionais ou organizacionais no sentido da melhor utilização de recursos.

Caracterização geral

Código

9480

Créditos

4.0

Professor responsável

A disponibilizar brevemente

Horas

Semanais - A disponibilizar brevemente

Totais - 30

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

Requisitos para frequência

Não tem 

Bibliografia

Bibliografia principal

Thompson, Leigh L. “A Razão e o Coração do Negociador”, Edição da Monitor, 2008.

SMITH [et al.] - A review of the effectiveness of primary care-led commissioning and its place in the NHS. London: The Health Foundation, 2004. ISBN 0 9548968 0 7. [Em linha] [Consult. 31 Jul. 2009] Disponível em http://www.health.org.uk/document.rm?id=31

Relatórios dos projetos da linha de investigação de contratualização em saúde. ENSP (www.observapot.org) 

Revista Portuguesa de Saúde Pública. ENSP

(http://www.ensp.unl.pt/dispositivos-de-apoio/cdi/cdi/sector-depublicacoes/revista/index_html) 

COYTE, P. C. [et al.] - How can the settings used to provide care to older people be balanced? [Em linha]. Copenhagen: Health Systems and Policy Analysis.  

Método de ensino

Metodologias de ensino (avaliação incluída)

 

Aulas teóricas em sistema participativo;

Seminários (análise crítica e discussão de estudos de caso);

Apresentação e discussão do trabalho de grupo.

Avaliação

Prova de avaliação individual final (40%).

Elaboração de um ensaio até 5 páginas após pesquisa, análise, interpretação e discussão bibliográfica selecionada - trabalho de grupo (50%).

Apreciação do empenho, trabalho, assiduidade e participação nas aulas em regime de avaliação contínua (10%).

 
 

       

Método de avaliação

A disponibilizar brevemente

Conteúdo

Conteúdos programáticos

Políticas e modelos de financiamento dos sistemas de saúde: uma visão internacional;

Modalidades de pagamento em saúde: novas soluções para problemas antigos: a perspetiva nacional e a perspetiva internacional. Os sistemas de classificação de doentes como instrumentos de suporte;

Modelos de identificação de necessidades em saúde e contratualização;

A evolução nacional e internacional da contratualização em saúde;

Tipologias de contratualização em saúde:

Contratualização em cuidados de saúde hospitalares;

Contratualização em cuidados de saúde primários;

Contratualização em cuidados continuados;

Contratualização de programas de saúde;

Monitorização e avaliação em dinâmicas de contratualização.