Fundamentos da Saúde Pública

Objectivos

No final da unidade curricular os alunos deverão ser capazes de:
a) Conhecer a história da Saúde Pública no contexto do mundo ocidental;
b) Debater o conceito de Saúde e conhecer definições de referência em Saúde Pública;
c) Identificar os principais determinantes de saúde e suas implicações para a ação em Saúde Pública;
d) Conhecer a evolução do perfil epidemiológico de saúde e saber interpretar os modelos de referência em saúde: patogénese e salutogénese;
e) Identificar estratégias de intervenção eficazes para a redução das desigualdades em saúde;
f) Conhecer a evolução histórica dos sistemas de saúde;
g) Identificar políticas públicas e o papel do cidadão na promoção da saúde, designadamente os princípios e estratégias de capacitação do cidadão;
h) Procurar formas inovadoras de abordagem dos problemas em Saúde Pública

Caracterização geral

Código

9516

Créditos

4.0

Professor responsável

A disponibilizar brevemente

Horas

Semanais - A disponibilizar brevemente

Totais - 24

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

Possuir o grau e licenciado na área da Saúde ou áreas afins
Domínio da leitura em língua inglesa

Bibliografia

 

  • Davies S.C.; Winpenny, E.; Ball, S.; Fowler, T.; Rubin, J.; Nolte, E. – For debate: a new wave in public health improvement. The Lancet, 2014. Doi: 10.1016/S0140-6736(13)62341-7.
  • Kelly, M. et al. - Evidence-based Public Health: A review of the experience of the National Institute of Health and Clinical Excellence (NICE) of developing public health guidance in England. Social Science & Medicine. 71 (2010)1056-1062.
  • Loureiro, I.; Miranda, N. – Promover a saúde. Dos fundamentos à acção. Coimbra: 2ª edição. Almedina, 2016.
  • WHO Commission on Social Determinants of Health. 2008. Closing the gap in a generation: Health equity through action on the social determinants of health. Geneva, Switzerland: World Health Organization
  • WHO - Health 2020: policy framework and strategy: final draft. [Em linha]. Copenhagen: Regional Office For Europe. World Health Organization, August 2012. [Consult. 9-06-2014]. Disponível em http://www.euro.who.int/__data/assets/pdf_file/0020/170093/RC62wd08-Eng.pdf

Método de ensino

Aulas teóricas e teórico-práticas de apresentação e discussão dos temas que constam do programa.
A avaliação incidirá sobre a construção de um portfolio da unidade curricular, valendo 80% do total da avaliação, sendo 20% atribuído ao grau de participação durante o decurso da unidade curricular.
A proposta de realização de um portfolio permitirá ao aluno revisitar os assuntos abordados durante a unidade curricular, contribuindo para alicerçar alguns conceitos fundamentais e identificar linhas de pesquisa para as quais sinta necessidade e interesse em aprofundar.
O portfolio é, simultaneamente, um instrumento de avaliação mas também uma ferramenta pedagógica, possibilitando maior foco em conceitos como a saúde e os seus determinantes. A demonstração dos conhecimentos sobre gestão da saúde, intervenção política, organizacional, ambiental, populacional ou individual, problemáticas actuais, com abordagem por grupos vulneráveis, estratégias de capacitação em saúde em contextos específicos (trabalho, escolas, cidades, comunidades, serviços de saúde), políticas de saúde ou investigação em saúde serão valorizadas, particularmente quando aplicado o conhecimento teórico à sua tradução na prática, bem como a demonstração da capacidade de análise crítica e de inovação.

Método de avaliação

A disponibilizar brevemente

Conteúdo

 

  • Conceitos de saúde e de Saúde Pública e sua evolução histórica;
  • Determinantes da Saúde. Suas implicações na prática;
  • Evolução do perfil epidemiológico da saúde no contexto nacional e internacional;
  • Saúde e sociedade;
  • Do paradigma patogénico ao paradigma salutogénico;
  • Saúde global;
  • Desigualdades em saúde;
  • Sistemas e políticas de saúde. Evolução histórica. O Sistema de saúde centrado no cidadão;
  • Principais instrumentos de diagnóstico e intervenção em Saúde Pública.
  • O papel da epidemiologia e das abordagens qualitativas na gestão da saúde das populações.
  • A intervenção em Saúde Pública baseada na evidência;
  • A Estratégia Europeia de Saúde 2020. A saúde em todas as políticas;
  • Plano Nacional de Saúde e Programas de Saúde Prioritários;
  • Estratégias Nacionais e Estratégias Locais de Saúde. O papel dos Cuidados de Saúde Primários.
  • O Impacto na Saúde Pública da Crise Económica e Social.