Avaliação Económica em Saúde

Objectivos

Objectivos Educacionais 

Desenvolver os fundamentos teóricos e técnicos necessários ao processo de avaliação económica de tecnologias e estratégias em saúde.

Articular os principais conceitos, ideias e métodos da investigação clínica, epidemiologia, análise de decisão e outras disciplinas que são necessários para a avaliação e gestão racional de tecnologias e serviços de saúde.

Desenvolver a capacidade dos alunos para desenvolver, interpretar e aplicar estudos de avaliação económica em saúde.

Oferecer, através de exemplos concretos retirados da experiência nacional e internacional, um panorama da moderna avaliação económica de tecnologias de saúde.

Reflectir sobre a forma de incorporação de ideias, métodos e resultados da avaliação económica em saúde na prática quotidiana da gestão de serviços de saúde.

Caracterização geral

Código

9341

Créditos

4.0

Professor responsável

Cláudia Furtado

Horas

Semanais - A disponibilizar brevemente

Totais - 40

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

Licenciatura

Leitura de inglês

Bibliografia

Bibliografia

Drummond, M.F., B. O´Brien, M. Sculpher, G.L. Stoddart e G.W. Torrance (2007) Methods for the Economic Evaluation of Health Care Programmes.  Oxford University Press, Oxford.

Gold, M., J. Siegel, L. Russell, M. Weinstein (eds.) (1996) Cost-effectiveness in Health and MedicineOxford University Press, New York.

Pereira, J e C. Mateus (2003) ‘Custos indirectos associados à obesidade em Portugal’ Revista Portuguesa de Saúde Pública, Vol. 21, no. 3.

Pereira, J. (coord.) (2009) Farmacoeconomia: Princípios e Métodos. (PharmacoEconomics – SRA). Wolters Kluwer, Madrid.

Silva, E.A., C.G. Pinto, C. Sampaio, J.A. Pereira, M. Drummond, e R. Trindade (1999) Orientações Metodológicas para Estudos de Avaliação Económica de Medicamentos.  Ministério da Saúde, Infarmed, Lisboa.

Método de ensino

Métodos de ensino 

Aprendizagem activa e participada, com leitura indispensável dos textos de base e discussão de tópicos ou exercícios.

Cerca de metade das sessões serão iniciadas com uma exposição a cargo de um docente, seguindo-se-lhe uma discussão de tópicos relacionados com o tema em análise. 

As outras sessões serão eminentemente práticas com resolução de exercícios, apresentação de resultados e discussão de implicações dos temas de ensino para a prática de gestão de organizações e sistemas de saúde. Os Seminários consistem da apresentação de um trabalho de grupo, realizado previamente, sendo a discussão do tema aprofundada sob a coordenação de um docente presente na sala. 

Método de avaliação

Métodos de avaliação  

Avaliação contínua, efectuada através da observação da participação dos alunos e da sua apresentação e discussão de tópicos e exercícios nas sessões (40% da classificação final);

Um trabalho de grupo de revisão documental sobre a avaliação económica de intervenções para tratamento ou prevenção de determinado problema de saúde (40% da classificação final);

Um teste individual de escolha múltipla, versando sobre a matéria leccionada (20% da classificação final).

 

 

Conteúdo

Programa

1.       Princípios e métodos de avaliação económica em saúde

2.       Medição de custos em saúde

3.       Estudos sobre os custos da doença

4.       Valorização de custos em Portugal

5.       Análise de custo-efectividade (ACE). Modelos e análise de sensibilidade.

6.       Medição da qualidade de vida relacionada com a saúde

7.       Análise de custo-utilidades (ACU). Métodos directos e indirectos de medição de utilidades

8.       Análise de custo benefício (ACB). Capital humano e valorização contingente.

9.       Análise crítica de estudos de avaliação económica

10.    Farmacoeconomia e orientações metodológicas

11.    Impacto da AES nas decisões e política em saúde 

12. Casos de estudo: esclerose múltipla, obesidade, meningite, psoríase, vacina contra o HPV, stents intracoronários, osteoporose, cancro da mama, tromboembolismo venoso, insuficiência renal crónica, HIV/SIDA, e outros.