Saúde Ambiental

Objectivos

No final da unidade curricular, os alunos deverão estar capacitados para:
a) Enquadrar a Saúde Ambiental como uma das dimensões da Saúde Humana;
b) Compreender os aspectos fundamentais no domínio da gestão das águas e sua relação com a Saúde, com referência à situação actual em Portugal e no Mundo;
c) Conhecer, avaliar e prevenir os riscos para a saúde associados ao consumo de água e à rejeição de águas residuais;
d) Interpretar e aplicar a legislação em vigor no domínio da água.
e) Identificar e caracterizar os diferentes tipos de resíduos;
f) Avaliar e prevenir os riscos para a saúde associados à gestão dos resíduos;
g) Avaliar os diferentes processos de tratamento dos resíduos e escolher as soluções mais viáveis tendo em conta a legislação vigente;
h) Compreender os processos de valorização de resíduos;
i) Conhecer o enquadramento conceptual e prático no domínio do habitat artificial humano e sua relação com a Saúde, com referência à situação actual em Portugal e no Mundo;
j) Conhecer, avaliar e prevenir os riscos para a saúde associados ao habitat artificial humano;
k) Interpretar e aplicar a legislação em vigor neste domínio;
l) Enquadrar os aspectos relacionados com o Habitat no ordenamento do território e de urbanismo, designadamente em termos da influência na saúde dos factores de risco contidos no ambiente urbano e rural.
m) Reconhecer, avaliar e prevenir os riscos para a saúde associados à cadeia alimentar e ingestão de alimentos;
n) Compreender a inter-relação entre os alimentos e o desenvolvimento dos povos.
o) Reconhecer os principais factores de risco contidos no ar ambiente (exterior e interior);
p) Identificar as repercussões das alterações climáticas na saúde humana.

Caracterização geral

Código

9563

Créditos

4.0

Professor responsável

António Barata Tavares, Susana Viegas

Horas

Semanais - A disponibilizar brevemente

Totais - 38

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

Licenciatura. Alunos matriculados no CESP.

Bibliografia

Gray, N. F. – “Water Technology – An Introduction for Environmental Scientists”. Butterworth – Heineman. Oxford. 2002.
World Health Organisation – “Guidelines for Drinking Water Quality, 3rd edition, the Organization. Geneva. 2004.
Freedman, B. – “Environmental Ecology”, 2nd edition. Academic Press. London. 1995.
Higgins, T. E. – “ Pollution Prevention Handbook. CRC Press Inc. Boca Raton. 2000
Comissão Europeia – “Directiva 2000/60/CE – Directiva-Quadro da Água”, a Comissão. Bruxelas. 2000
LaGrega et all – Hazardous Waste Management –Mc Graw-Hill, 2003
Tchobanoglous, Taisen and Eliassen – “Solid Wastes: Engineering Principles and Management Issues” – McGraw-Hill Book Company. New York. 1999
World Health Organisation – “Environmental Health in Emergency and disasters”, the Organisation. Geneva. 2002
DGS. “Fichas Técnicas sobre Habitação e Saúde”. Direcção-Geral da Saúde. Lisboa. 2009
Friis, R. S. – Essentials of Environmental Health, 2nd Edition, Jones & Bartlett Learning. Ontario, 2012.

Método de ensino

As metodologias de ensino compreendem exposições teóricas, sessões de tipo teórico prático com exercícios/estudo de casos, trabalhos individuais e em grupo.
A avaliação consiste:
a) Apreciação do empenho, trabalho, assiduidade, participação ativa e qualidade de participação nas aulas em regime de avaliação contínua (20%)
b) Desenvolvimento de trabalho individual - (40%)
c) Desenvolvimento e apresentação de trabalho de grupo - centrado no aprofundamento de um dos temas em análise com apresentação de uma proposta de ação/intervenção, que reflita um processo de pesquisa bibliográfica, análise e reflexão (40%)

 

Método de avaliação

A disponibilizar brevemente

Conteúdo

1. O novo paradigma da Saúde Ambiental;
2. Ciclos hidrológico e de utilização da água; águas superficiais e subterrâneas;
3. Conceitos de qualidade e de poluição da água. Parâmetros de qualidade. Legislação nacional e comunitária;
4. Poluição química, microbiológica e radiológica;
5. Riscos para a saúde ligados à água. Gestão do risco;
6. Tratamento de águas de abastecimento para consumo humano. Vantagens e inconvenientes para a saúde;
7. Vigilância sanitária e epidemiológica;
8. Caracterização e tratamento de águas residuais urbanas e hospitalares;
9. Águas engarrafadas – águas minero-medicinais e de nascente;
10. Termalismo e saúde
11. Águas de recreio. Qualidade das águas balneares e das águas de piscinas. A Bandeira Azul da Europa;
12. Diplomas legais em Vigor – interpretação e aplicação;
13. Classificação dos resíduos sólidos. Legislação nacional;
14. Origem, produção e caracterização dos resíduos sólidos urbanos, tóxicos e perigosos e dos resíduos hospitalares;
15. Gestão dos resíduos sólidos. Hierarquia de gestão. Sistemas de tratamento e destino final;
16. Riscos para a saúde associados à gestão dos resíduos sólidos;
17. Reciclagem e valorização;
18. Conceito de habitat artificial humano;
19. Legislação nacional e comunitária;
20. Bases da política de ordenamento do território e de urbanismo;
21. Riscos para a saúde ligados ao habitat artificial humano. Gestão do risco;
22. Estabelecimentos de utilização pública e saúde pública;
23. Vigilância sanitária e epidemiológica;
24. Diplomas legais em Vigor – interpretação e aplicação
25. Alimentação e Saúde. Os alimentos e o desenvolvimento económico. Estratégias adoptadas para combater a fome no mundo;
26. Microrganismos e produção de alimentos. Contaminação e deterioração dos alimentos;
27. Conservação de alimentos;
28. Segurança e qualidade alimentar;
29. Toxi-infecções. O Inquérito epidemiológico;
30. Quadro institucional e legislativo;
31. Qualidade do ar interior e exterior – Riscos para a saúde humana;
32. Alterações Climáticas e Saúde.