Competências Nucleares em Investigação

Objectivos

·         Conhecer os objetivos, metodologias e percursos profissionais associados ao curso de doutoramento;

·         Aquisição de conhecimentos e competências associados à prática da investigação em ciências da saúde, incluindo a formulação de hipóteses cientificamente válidas, o desenho de experiências ou modelos que permitam testar as hipóteses e analisar de forma critica os resultados obtidos;

·         Saber discutir, de forma critica, um artigo científico numa área geral das ciências da saúde estabelecendo a sua relevância e potencial impacto face ao estado atual do conhecimento;

·         Desenhar, escrever e apresentar as principais secções de um projeto d e investigação para responder a uma hipótese ou problema científico definido tendo em consideração as limitações do desenho proposto e estratégias experimentais alternativas;

·         Compreender a importância dos aspetos éticos associados à investigação em ciências da saúde e saber integrá-los no desenho de um projeto de investigação.

Caracterização geral

Código

121001

Créditos

5

Professor responsável

Professor Doutor Paulo de Carvalho Pereira

Horas

Semanais - A disponibilizar brevemente

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Portuguese

Pré-requisitos

 

Bibliografia

A bibliografia será disponibilizada no início de cada edição após consulta aos participantes e convidados. Sempre que aplicável a bibliografia consistirá em artigos científicos disponíveis na internet em bases de dados a que os estudantes tenham acesso. Procurar-se-á, em cada edição do curso, facultar a informação científica mais recente. E os estudantes serão estimulados a partilhar notas e informação sobre a unidade curricular em fóruns virtuais em plataformas informáticas, a criar, do tipo “blackboard” virtual.

Método de ensino

A concretização dos objetivos faz-se através de aulas teórico-práticas, seminários e workshops, sobre os temas. Privilegia-se, sempre que possível e apropriado, modelos que envolvam a participação dos alunos e que contribuam para uma análise crítica dos diferentes conteúdos programáticos. Incluem-se sessões de discussão informal com alunos de edições anteriores do curso ou (nos primeiros anos) com alunos de cursos semelhantes.

O método de eleição para a aquisição de competências mais transversais (ex.: carreira, mobilização do conhecimento) envolverá exemplos práticos e apresentação de histórias de sucesso, sempre que possível na primeira pessoa. Os alunos serão ativamente envolvidos na apresentação de artigos científicos e no desenvolvimento de uma ideia para um projeto.

Método de avaliação

A avaliação envolverá três componentes: a apresentação e discussão crítica de um artigo científico (20%), a elaboração e discussão oral de uma proposta de projeto de investigação fictício (40%) e a avaliação escrita do resumo do projeto de investigação (40%).

Conteúdo

- Aspetos críticos na iniciação e desenvolvimento de uma carreira em ciência; limitações, percursos alternativos;

- Métodos e meios para a organização, a preparação, a exposição e a discussão de resultados experimentais na forma de um artigo científico;

- Formulação de hipóteses e ideias cientificamente válidas e sua tradução num projeto de investigação organizado e estruturado de modo a permitir o seu financiamento;

- Conceitos, princípios e normas regulamentares fundamentais de bioética e integridade científica e sua aplicação na elaboração de uma investigação;

- Histórias de sucesso e exemplos de empreendedorismo e inovação em ciência;

- Propriedade intelectual;

- O processo de revisão e avaliação por pares e as suas principais aplicações: publicação de artigos científicos, avaliação de projetos, recrutamento profissional;

- Literacia e mobilização do conhecimento em ciências da vida e da saúde.

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: