Aspetos Clínicos da Dor

Objectivos

O objetivo desta unidade curricular é aprofundar o conhecimento e compreensão sobre os mecanismos determinantes da sensação de dor e aspetos fisiológicos subjacentes, sobre a natureza e a etiologia das principais formas de manifestação de dor encontradas na clínica. Pretende-se igualmente que os estudantes aprofundem o seu conhecimento e compreensão dos métodos e limitações dos processos de controlo de dor usados na clínica e dos aspetos psicossociais associados à dor crónica e sua influência no desenvolvimento/ manutenção da cronicidade.

Caracterização geral

Código

MF04

Créditos

6

Professor responsável

Prof. Doutor Fernando Manuel Pimentel dos Santos

Horas

Semanais - A disponibilizar brevemente

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português/ Inglês

Pré-requisitos

Ramo condições músculo-esqueléticas.

Bibliografia

- Kandel, Schwartz, Jessell. Principles of Neural Science, 4th ed. McGraw-Hill Medical (2000).

- Neugebauer, V. The amygdala: different pains, different mechanisms. Pain 127 (2007) 1-2 [11 refs.]

- Brooks, JCW, Tracey, I. The insula: a multidimensional integration site for pain. Pain 128 (2007) 1-2 [22 refs]

- Sindrup, SH, Jensen, TS. Are sodium channels blockers useless in peripheral neuropathic pain? Pain 128 (2007) 6-7 [9 refs]

- Butler DS, Moseley GL. (2003) Explain Pain. Noigroup Publication. Adelaide City West, South Australia

- Main CJ & Spanswick CC (2000) Pain Management. An interdisciplinary approach, Churchill Livingstone, Edinburgh.

Método de ensino

Os métodos de ensino-aprendizagem incluem uma combinação de métodos expositivos e ativos: aulas expositivas, discussão de casos clínicos e estudo independente. A avaliação da unidade curricular é realizada através de um teste de escolha múltipla, com a duração de 1h (ponderação de 75% para a nota final) e através da realização de uma apresentação de um trabalho de grupo, seguida de discussão do trabalho de grupo (25%).

Método de avaliação

A avaliação da unidade curricular é realizada através de um teste de escolha múltipla, com a duração de 1h (ponderação de 75% para a nota final) e através da realização de uma apresentação de um trabalho de grupo, seguida de discussão do trabalho de grupo (25%).

Para obter aprovação na unidade curricular, o estudante tem que obter uma nota igual ou superior a 9,5 valores nas duas atividades de avaliação.

Conteúdo

- Bases Anátomo-Fisiológicas do Sistema Nociceptivo

- Unidades de Dor em Portugal

- Terapêutica Farmacológica e Não-Farmacológica da Dor

- Abordagem Multidisciplinar e Ética da Dor

- Dor em Reumatologia

- Dor Neuropática

- Aspetos Psicossociais da Dor Crónica

- Intervenção da Fisioterapia na dor e incapacidade associada a dor crónica.

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: