Desenvolvimento Profissional

Objectivos

Com esta unidade curricular pretende-se que o estudante desenvolva conhecimento e compreensão acerca dos princípios inerentes a uma prática centrada no utente e capacidade para refletir acerca da forma e propósito da colaboração com os utentes, familiares/ cuidadores e outros profissionais analisando as suas atitudes e comportamentos em contexto de prática profissional. Pretende-se ainda que o estudante desenvolva capacidade para identificar e analisar os diferentes tipos de conhecimento inerentes às suas tomadas de decisão clínica e capacidade para organizar, sistematizar e suportar o conhecimento desenvolvido na interação com os utentes. Por fim pretende-se que o estudante desenvolva capacidade para refletir sobre a sua prática profissional, nomeadamente, acerca dos fatores envolvidos no seu raciocino clínico, de forma a formular novas questões que contribuem para o desenvolvimento do conhecimento prático.

Caracterização geral

Código

MF05

Créditos

6

Professor responsável

Prof.ª Doutora Carmen Sofia Frade Caeiro

Horas

Semanais - A disponibilizar brevemente

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português/ Inglês

Pré-requisitos

Ramo condições músculo-esqueléticas.

Bibliografia

- Higgs, J.; Jones, M.; Loftus, S. & Christensen, N. (2008). Clinical Reasoning in the Health Professions. Butterworth-Heinemann.

- Cruz, E. B., Moore, A., & Cross, V. (2012). Clinical reasoning and patient-centred care in musculoskeletal physiotherapy in Portugal - A qualitative study. Manual therapy, 17(3), 246-250. Elsevier Ltd. doi:10.1016/j.math.2012.02.007

- Higgs, J., Fish, D., & Rothwell, R. (2004). Practice knowledge-critical appreciation. In J. Higgs, M. Richardson, & N. Dahlgren (Eds.), Developing practice knowledge for health professionals (pp. 89-105). London.

- Edwards, I., Jones, M., Carr, J., Braunack-Mayer, A., Jensen, G. (2004). Clinical Reasoning Strategies in Physical Therapy. Physical Therapy, 84, 312-330.

- Higgs, J. et al. Developing Practice Knowledge for Health Professionals. Edinburgo: Butterworth Heinemann. 2004.

Método de ensino

Os métodos de ensino-aprendizagem incluem: o método expositivo através de aulas teóricas e seminários, bem como o método tutorial realizado em pequenos grupos, e estudo independente.

Método de avaliação

A unidade curricular é avaliada através dos seguintes elementos:

- Ensaio Reflexivo acerca da implementação de uma prática centrada no utente (limitado a 1500 palavras) (50%)

- Ensaio Reflexivo acerca do desenvolvimento do conhecimento prático (limitado a 1300 palavras) (50%)

Para obter aprovação na unidade curricular, o estudante tem que obter uma nota igual ou superior a 9,5 valores na atividade de avaliação.

Conteúdo

- Raciocínio clínico e prática centrada no utente: - modelos de raciocínio clínico; estratégias de raciocínio clínico (raciocínio diagnóstico, raciocínio narrativo, raciocínio interativo, raciocínio colaborativo, raciocínio preditivo, raciocínio ético); - princípios para uma prática centrada no utente (integrated patient-centred model)

- Reflexão e desenvolvimento do conhecimento prático: - tipos de conhecimento (conhecimento científico, técnico; conhecimento experimental prático e conhecimento pessoal); reflexão crítica, estratégias para uma prática reflexiva.

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: