Diagnóstico Diferencial e Exames Complementares de Diagnóstico

Objectivos

Com esta unidade curricular pretende-se que os estudantes aprofundem o seu conhecimento e compreensão acerca das diversas naturezas das doenças músculo-esqueléticas de forma a conseguir diferenciar situações inflamatórias, mecânico-degenerativas e dolorosas e a ter referenciais para discernir sobre as diversas necessidades terapêuticas das anteriores situações. Pretende-se ainda que os estudantes conheçam os principais Exames Complementares de Diagnóstico utilizados para estudar as doenças músculo-esqueléticas, e as principais indicações para os solicitar. Por fim, pretende-se que os estudantes saibam identificar as alterações mais significativas nos Exames Complementares de Diagnóstico e relacionar os seus resultados com a clínica das principais doenças músculo-esqueléticas.

Caracterização geral

Código

MF15

Créditos

3

Professor responsável

Profª. Doutora Ana Filipa de Sousa Pestana Mourão

Horas

Semanais - A disponibilizar brevemente

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português/ Inglês

Pré-requisitos

Ramo condições músculo-esqueléticas.

Bibliografia

- Branco JC; Grandes síndromas em reumatologia, Lisboa, Lidel, 2006

- Branco JC;Avaliação Diagnostica em Reumatologia, Lisboa, Permanyer, 2000

- Hakim A e Clunie G;Oxford handbook of rheumatology, Oxford, Oxford University Press, 2003

- Buchanan WW, Ceulaer K, Balint GP;Clinical Examination of the Musculoskeletal System. Assessing Rheumatic Conditions, Baltimore: Williams and Wilkins, 1996

- Lipsky PE. ;Algorithms for the Diagnosis and Management of Musculoskeletal Complaints, Am J Med; 103 (6A), 1997

Método de ensino

Os métodos de ensino-aprendizagem incluem aulas expositivas, apresentação e discussão de casos clínicos, aulas práticas laboratoriais e estudo independente.

Método de avaliação

A avaliação da unidade curricular é realizada através de um teste de escolha múltipla que tem uma ponderação de 100% para a classificação final. Para obter aprovação na unidade curricular, o estudante tem que obter uma nota igual ou superior a 9,5 valores na atividade de avaliação.

Conteúdo

- Definição e etiologia das doenças reumáticas

- Repercussão da patologia reumática sobre o indivíduo

- Síndromas inflamatórios, mecânicos e puramente dolorosos. Diagnóstico diferencial

- Sinais de alerta para situações requerendo intervenção especializada

- Doenças sistémicas e loco-regionais

- Aferição da disfuncionalidade e das capacidades remanescentes.

- Exames complementares laboratoriais, suas indicações e "leitura"

- Exames complementares de imagem, suas indicações e "leitura"

- Outros ECD para o estudo das doenças músculo-esqueléticas, suas indicações e "leitura"

- Relação dos dados dos ECD com a clínica das principais doenças músculo-esqueléticas

- Aplicações práticas sobre a solicitação e apreciação dos ECD no seu contexto clínico.

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: