Sociologia e História da Alimentação

Objetivos

Esta unidade curricular pretende fornecer aptidões para a compreensão do fenómeno alimentar em toda a sua complexidade.

No final da unidade curricular o estudante devera ter conhecimentos sobre:

a) A evolução das práticas alimentares da Humanidade das origens à atualidade;

b) O corpo e a saúde como construção social. Principais conceitos sociológicos relevantes para a análise dos condicionantes sociais no processo saúde-doença e sua relação com a alimentação na sociedade contemporânea.

c) O ato alimentar e os hábitos alimentares adquiridos no processo de socialização.

 

Caracterização geral

Código

41002

Créditos

3

Professor responsável

Prof.ª Doutora Conceição Calhau

Horas

Semanais - A disponibilizar brevemente

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

 

Bibliografia

  • Myers, D. Social Psychology - 7th edi. MaGraw-Hill. Boston, 2002
  • Toussaint-Samat, M., History of Food, WileyBlackwell, 2008 
  • LE BRETON, David. A Sociologia do Corpo. Petrópolis: Vozes, 2006.
    POULAIN, Jean Pierre. Sociologias da Alimentação: Os comedores e o espaço social alimentar. Florianópolis: UFSC, 2004.
  • SANTOS, Ligia Amparo da Silva. O corpo, o comer e a comida. Salvador: EDUFBA, 2008.

Método de ensino

A UC está organizada em aulas teóricas: duas aulas teóricas semanais de carácter expositivo com a duração de 50 min cada. Sessões em colaboração com docentes convidados da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa.

Método de avaliação

A avaliação tem um exame final, quantificado entre 0 e 20 valores.

Conteúdo

1) O contributo da história da alimentação para o conhecimento do comportamento alimentar humano:

  • a Alimentação Primitiva; o fogo e os primeiros utensílios culinários; a cozinha primitiva e as primeiras técnicas culinárias; da antiguidade aos descobrimentos;
  • a globalização e o intercâmbio de culturas; aspetos sociais e religiosos para a instalação de tradições
  • a invenção do restaurante e a massificação do turismo; os livros, e a crítica; a evolução face à tradição; as novas cozinhas, a moda e a comunicação

 

2) O corpo: o corpo no modelo biomédico: elementos históricos; as classes sociais e o uso do corpo; o culto ao corpo; construção do saudável e do patológico: um processo e suas dimensões.


3) O ato de alimentar: considerações sociológicas sobre a dieta, o comer e a comida; as classes sociais e os regimes alimentares; a alimentação e construção de identidades; o espaço social alimentar e os modelos alimentares; mudar hábitos alimentares: compreender o significado do comer.

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: