Introdução à Prática Clínica

Objectivos

Pretende-se que no final da Unidade Curricular os estudantes sejam capazes de:

 

§  Comunicar tanto com os doentes e seus familiares, bem como com outros profissionais envolvidos no cuidado do doente;

§  Identificar os componentes de uma história clínica;

§  Realizar um correto exame físico completo e exame do estado mental;

§  Interpretar corretamente os resultados obtidos a partir da história e exame físico;

§  Estabelecer pontes entre mecanismos fisiopatológicos e sintomas e sinais;

§  Identificar os princípios de tomada de decisão clínica.

Caracterização geral

Código

11124

Créditos

11

Professor responsável

Prof. Doutor Aníbal Ferreira

Horas

Semanais - A disponibilizar brevemente

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

 

Bibliografia

Método de ensino

§  Aulas teóricas: órgãos e sistemas; competências profissionais.

§  Aulas de casos-clínicos: reconhecimento de grandes síndromas e interpretação de sinais e sintomas.

§  Aulas teórico-práticas: baseadas nos temas das aulas teóricas, são centradas no reconhecimento de sintomas e sinais e na realização da anamnese dos órgãos e sistemas.

§  Aulas práticas não clínicas com “modelos” médicos e cirúrgicos: treino de gestos profissionais / simulação.

§  Aulas práticas clínicas através de uma vivência hospitalar supervisionada: contacto com doentes em situação de internamento (rácio de 1 docente / 2 discentes).

Método de avaliação

Avaliação:

§  A avaliação final inclui uma avaliação prática e uma avaliação teórica:

o   30% Avaliação prática distribuída da seguinte forma:

§  Assiduidade nas aulas teórico-práticas: 10%

§  Assiduidade nas aulas de simulação: 10%

§  Vivência hospitalar: 10% (classificação individual, atribuída pelo Assistente, no final do 2º dia de estágio) tendo em conta os parâmetros de:

 

Parâmetros de Avaliação

Vivência Hospitalar

Ponderação de 0 a 2 valores

Interesse pelas atividades do contacto hospitalar

0 a 0,4

Aptidão no interrogatório do doente

0 a 0,4

Aptidão no exame objetivo

0 a 0,4

Conhecimentos demonstrados

0 a 0,3

Atitudes / Trabalho em equipa

0 a 0,2

Assiduidade / Pontualidade

0 a 0,3

 

 

o   70% Avaliação teórica - exame escrito de escolha única.

 

v  Para os alunos que estejam legalmente isentos da frequência de um número mínimo de aulas a avaliação final incluirá:

30% Exame prático, contemplando os seguintes conteúdos:

§  Simulação: 10%

§   Vivência hospitalar: 10%

§   Aulas teóricas e de casos clínicos: 5%

§   Aulas teórico-práticas: 5%

70% Avaliação teórica - exame escrito de escolha única.

Conteúdo

Entrevista Clínica; Sintomas e Sinais Cardinais; Nutrição; Introdução ao Controlo de Infeção e Resistência aos Antimicrobianos; Aparelho Cardiovascular - Coração e grandes vasos; Aparelho Cardiovascular - Sistema vascular periférico; Nefrologia; Aparelho Respiratório; Sistema Nervoso; Semiologia Psiquiátrica; Aparelho Músculo-esquelético; Aparelho Digestivo - semiologia “médica”; Aparelho Digestivo - semiologia “cirúrgica”; Aparelho Genital Feminino e Mama; Aparelho Urinário e Genital Masculino; Pele e anexos; Sistema Endócrino; Semiologia ORL; Semiologia Oftalmológica; Sistematização do exame objetivo; Comunicação Clínica; Atividade da vida diária na histórica clínica; Abordagem do doente na urgência; “Modelos” - médicos e cirúrgicos; Vivência hospitalar - prática em ambiente hospitalar na área de Cardiologia e Nefrologia.

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: