Alterações moleculares em cancro

Objectivos

Compreensão de mecanismos subjacentes à carcinogénese e progressão tumoral.

Aquisição de conhecimento teórico e prático de técnicas de biologia molecular e análise citológica e histológica.

Avaliação de dados e elaboração das experiências com rigor científico.

Aquisição de competências no âmbito da comunicação científica.

 

Caracterização geral

Código

11130

Créditos

3

Professor responsável

Prof.ª Doutora Jacinta Serpa

Horas

Semanais - A disponibilizar brevemente

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

 

Bibliografia

A bibliografia será disponibilizada ao longo da UC e os alunos serão orientados no sentido de realizarem pesquisa bibliográfica.

Método de ensino

A UCO decorrerá sob o modelo de aulas:

TEÓRICAS- abordagem dos temas que constam no “conteúdo programático” da UCO;

TEÓRICO-PRÁTICAS- apresentação de trabalhos desenvolvidos pelos alunos no âmbito da UCO, e

PRÁTICAS- desenvolvimento de trabalho experimental, sempre que possível os alunos irão contactar com profissionais que desenvolvem a sua atividade em temas que serão abordados na UCO.

 

Método de avaliação

Formas de avaliação:

Apresentação e discussão de um artigo científico (20%).

Apresentação e discussão do trabalho prático (30%).

Exame escrito (50%).

Os alunos com estatuto especial (sem obrigatoriedade de assistir às aulas) serão avaliados num exame escrito.

Para efeitos de melhoria de nota da UCO (solicitado pelo aluno), a avaliação será realizada nos mesmos moldes que a avaliação de alunos com estatuto especial.

 

O processo de revisão de provas segue os moldes do atual Regulamento Pedagógico do MIM.

Conteúdo

• Alterações genéticas (mutações pontuais e estruturais no DNA) e epigenéticas (alterações da cromatina que regulam a expressão génica) envolvidas no desenvolvimento e progressão do cancro, dando principal ênfase à fisiopatologia e à morfologia das lesões associadas.

• Oncogenes e genes supressores de tumor

•Relógio do ciclo celular e mitogénese.

• Vias de sinalização que se encontram predominantemente alteradas no cancro, mediadores, ligandos e recetores.

•Moléculas de adesão.

•Componentes da matriz extracelular.

• Vias metabólicas que se encontram predominantemente alteradas no cancro.

• Mecanismos de imortalização celular.

• Realização de trabalho experimental in vitro com utilização de linhas celulares e técnicas de biologia molecular.

• Elaboração de comunicações científicas, oral e sob a forma de artigo.

 

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: