Metodologias de Investigação Translacional

Objectivos

Conhecer e compreender os princípios fundamentais da investigação, da ciência e do método científico, e principais ferramentas de investigação.

 

Conhecer e treinar técnicas experimentais (biologia molecular e celular) e conhecer alguns modelos in vivo e in vitro que poderão ser utilizados na investigação básica e translacional.

 

Conhecer as bases e os formatos de comunicação científica e de como estas se aplicam à atividade de investigação (e indiretamente à prática clínica).

 

Aprofundar o conhecimento sobre o processo de publicação científica e de avaliação por pares, bem como dos fatores a considerar numa estratégia pessoal de publicação científica.

 

Conhecer e treinar técnicas para comunicação de resultados científicos em formatos clássicos de comunicação entre pares, em particular o desenvolvimento de aptidões de escrita científica em inglês.

 

Conhecer e refletir sobre os aspetos chave da planificação de um projeto científico.

Caracterização geral

Código

11230

Créditos

3

Professor responsável

Prof.ª Doutora Jacinta Serpa

Horas

Semanais - A disponibilizar brevemente

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

 

Bibliografia

A bibliografia será disponibilizada ao longo da UC e os alunos serão orientados no sentido de realizarem pesquisa bibliográfica.

Método de ensino

As aulas teóricas e teórico-práticas incluem o treino de competências transversais necessárias à atividade de investigação (através de exercícios, role play, debates, etc). Sempre que relevante, serão convidados investigadores para participar nas atividades de treino e discussão. A componente teórico prática consiste na apresentação aos alunos da várias técnicas de análise molecular e celular utilizadas em investigação básica.

 

No final do semestre os alunos terão que conceber um plano teórico de um projeto de investigação translacional, que pretende explorar ou esclarecer um tema ou uma hipótese de trabalho que lhes serão propostos. Os alunos serão supervisionados pelos docentes responsáveis pelas áreas de investigação na qual se enquadrem os planos dos projetos.

Método de avaliação

Os alunos têm obrigatoriamente que assistir a 2/3 das aulas teórico-práticas e práticas e obterem uma classificação final mínima de 9,5 valores.

A avaliação do desempenho dos alunos na elaboração de um resumo de um artigo científico (30%), na apresentação e crítica de artigos científicos (30%) e a apresentação e discussão do projeto desenvolvido (40%) contará para a avaliação final da UCO.

Conteúdo

- Paradigma da Ciência e Método Científico (T)

- Modelos in vitro e in vivo como ferramentas da investigação biomédica (T)

- Investigação translacional (T)

- O sistema científico. Publicação científica: o processo de revisão por pares, estratégias de publicação (T)

- Comunicação científica: contextos e ferramentas. Comunicação visual de resultados científicos e apresentações orais (TP)

- Apresentação e crítica de artigos científicos (TP)

- Competências de escrita na comunicação científica: normas, escrita eficaz. Treino de escrita científica de um resumo científico. (TP)

- Planeamento de um projeto de investigação (TP)

- Apresentação do projeto de investigação (TP)

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: