Biologia de Células Estaminais e Mecanismos de Regeneração

Objectivos

Compreender o conceito de célula estaminal em comparação com as células somáticas. Rever a história neste campo de investigação e apresentar as características fundamentais das células estaminais embrionárias, adultas e de patológicas (cancro, senescentes). Pretende-se transmitir conhecimentos e conceitos gerais em biologia de células estaminais de uma forma integrada ao nível da biologia molecular (para explicar os mecanismos moleculares/vias de sinalização, regulação genética e epigenética dos genes importantes nestas células), celular (interações químicas e físicas entre as células que definem o nicho celular e determinam o destino das células estaminais) e genómica. Apresentar as propriedades, o potencial e as limitações do uso de células estaminais pluripotentes (embrionárias ou reprogramadas - iPS) e adultas em medicina regenerativa.

Caracterização geral

Código

1061001

Créditos

6

Professor responsável

Gustavo Tiscornia

Horas

Semanais - A disponibilizar brevemente

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Inglês

Pré-requisitos

 

Bibliografia

"Stem Cells: From Mechanisms to Technologies" - By Michal K. Stachowiak, Emmanuel S. Tzanakakis - World Scientific Publishing Co (2012).

 

"Stem Cells and Cancer Stem Cells, Volume 2: Therapeutic applications in disease and injury" - by M.A. Hayat - Sringer (2011).

 

"Principles of Regenerative Medicine" - By Anthony Atala, Robert Lanza, James A. Thomson, Robert Nerem - Academic press, Elsevier (2010).

Método de ensino

Um terço das aulas será ocupado com a lecionação do conteúdo programático, sendo disponibilizados aos alunos todos os slides utilizados nas mesmas. Os alunos terão também a oportunidade de realizarem trabalhos práticos que serão bastante importantes para melhor compreenderem e visualizarem as metodologias de trabalho e investigação com células estaminais. Haverá também uma importante componente de apresentação de seminários de investigação proferidos por investigadores conceituados visando demonstrar o State-of-the-art deste campo.

Uma parte do tempo letivo será dedicado à apresentação e discussão de artigos científicos diversos, fornecidos pelo docente. As apresentações dos artigos serão realizadas pelos alunos.

Método de avaliação

A avaliação será feita mediante uma apresentação/discussão dum tema relacionado com a disciplina (75% da nota) e a apresentação de um artigo (25% da nota).

Conteúdo

Células Estaminais Embrionárias (ESC)

Isolamento, cultura, caracterização, segurança e ética

Manutenção das ESC em condições preservando o estado indiferenciado

Estratégias de diferenciação

Aplicações correntes e futuras para investigação

Aplicações terapêuticas presentes e futuras

Modelos Animais de Doenças

 

iPSC e células transdiferenciadas

Princípios de reprogramação, limitações e vantagens do método.

Reprogramação directa (transdiferenciação) de células somáticas em células com funções diferentes

Aplicações terapêuticas e uso como modelos de doenças

Aplicações na indústria

 

Células estaminais adultas

Células estaminais mesenquimias, hematopoiéticas, derivadas de tecidos adiposos, umbilicais

Características, plasticidade e mecanismos de ação (substituição, secreção de factor parácrinos, fusão celular)

Aplicações terapêuticas

Células estaminais de tecidos: neural, musculo, pâncreas, pele

Identificação e isolamento

Importância do nicho

Aplicações a modelos animais de doenças

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: