Doenças Crónicas e Degenerativas

Objectivos

Esta disciplina pretende dar ao estudante uma visão aprofundada do conhecimento atual das bases genéticas, moleculares e celulares das doenças crónicas e degenerativas, assim como de algumas doenças raras. Para além do estudo dos mecanismos genéticos, bioquímicos e celulares que estão envolvidos em cada doença; esta unidade curricular também abordará a metodologia e os instrumentos utilizados na investigação científica atual, tais como os modelos experimentais (in vitro e modelos animais) como complemento ao uso de amostras humanas de pacientes. Será transmitida a importância da investigação experimental aplicada com o objetivo de desenvolver novas abordagens terapêuticas. Dar-se-á relevância à importância da interação/comunicação entre a investigação fundamental e a investigação clínica. De forma a cumprir estes objetivos, os docentes responsáveis pela unidade curricular serão investigadores fundamentais e clínicos.

Caracterização geral

Código

1061002

Créditos

6

Professor responsável

Helena L. A. Vieira

Horas

Semanais - A disponibilizar brevemente

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Inglês

Pré-requisitos

 

Bibliografia

Due to the enormous variety of diseases covered in the course, the main source of references will be the MedLine, PubMed and Google Schollar.

Método de ensino

Dois terços das aulas serão ocupados com o ensino do conteúdo programático, sendo disponibilizados aos alunos todos os slides utilizados nas mesmas. Haverá também uma importante componente de apresentação de seminários de investigação proferidos por investigadores conceituados neste campo.

Os alunos também realizarão trabalhos práticos para melhor compreenderem e visualizarem as metodologias de trabalho e investigação em Saúde Humana e Doenças Crónicas e Degenerativas. Os alunos deverão apresentar e discutir artigos científicos diversos, fornecidos pelo docente. Os alunos também serão desafiados a escrever um projeto de investigação a partir de um conjunto de artigos fornecidos pelo docente e deverão propor trabalho científico para continuar a desenvolver a área.

Método de avaliação

A avaliação será feita mediante a apresentação de um artigo científico (45%), a redação de um projeto científico (45%) e participação nas aulas em particular a participação na apresentação dos artigos dos colegas (10%).

Conteúdo

A unidade curricular de Doenças Crónicas e Degenerativas terá a duração de 3 semanas com um total de 6 ECTS. O conteúdo programático terá como base o estudo das seguintes doenças: doenças oncológicas, pré-diabetes e diabetes, doenças metabólicas, ciliopatias, doenças raras, doenças neurodegenerativas e distúrbios cognitivos da linguagem, doenças autoimunes e inflamatórias e doenças cardiovasculares. Estas diversas patologias serão abordadas nas suas várias vertentes e perspectivas: (i) os mecanismos genéticos, bioquímicos e celulares atualmente conhecidos e descritos na literatura, (ii) o uso de modelos experimentais como abordagens in vitro, cultura celular, modelos animais, ou modelos bio-matemáticos e (iii) a investigação aplicada para o possível desenvolvimento de novas terapias (terapia celular, terapia genética, etc). Por fim, a investigação clínica/aplicada também será exemplificada, assim como a sua importância no desenvolvimento da investigação experimental/fundamental.

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: