Rotação Laboratorial II

Objectivos

As Rotações Laboratoriais, com uma duração de 4 semanas, pretendem iniciar os alunos, no primeiro ano do curso, na pratica de investigação científica e serão sempre realizados em laboratórios de reconhecido mérito e nos quais decorram projectos de investigação susceptíveis de incluir alunos por períodos de tempo limitados. No contexto das Rotações Laboratoriais o estudante deverá ser capaz de se inserir num grupo de investigação, tomando contacto com o dia-a-dia da investigação concreta em termos de problemas, metodologias, linguagens, relações interpessoais, planeamento de experiencia e avaliação crítica de resultados obtidos. Deverá igualmente ser capaz de avaliar criticamente a razoabilidade e exequibilidade de diferentes projetos a prazo. Com as Rotações Laboratoriais pretende-se ainda que os estudantes possam fazer uma escolha mais informada acerca do grupo e tema de investigação onde pretendem realizar os estudos conducentes à sua tese de doutoramento.

Caracterização geral

Código

1071002

Créditos

10

Professor responsável

Henrique Manuel Paixão dos Santos Girão

Horas

Semanais - A disponibilizar brevemente

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português/Inglês

Pré-requisitos

 

Bibliografia

Artigos científicos.

Método de ensino

No âmbito das Rotações Laboratoriais pretende-se que os alunos acompanhem os trabalhos de investigação em curso nos laboratórios de acolhimento. Durante este período, o aluno será acompanhado por um tutor, tipicamente um post-doc, que se encarregará de explicar os procedimentos experimentais a decorrer a cada momento. Para além disso, deve ser estimulada a participação do aluno, tanto no desenho de novas experiências, incluindo a identificação da hipótese a testar e a adequação da metodologia a usar, como na análise crítica dos resultados obtidos. Sempre que possível, deverá ser dada a possibilidade ao aluno de realizar alguns procedimentos experimentais, de forma independente, contribuindo, desta forma, para a aquisição de competências técnicas.

Método de avaliação

No final, o aluno deverá fazer uma apresentação oral elaborar um relatório, na forma de artigo cientifico, do trabalho acompanhado e/ ou desenvolvido pelos seus próprios meios.

Conteúdo

. Proteostase, envelhecimento e doença

. O papel da ivabradina no micocárdio em isquémia-reperfusão

. A desregulação transcripcional e disfunção mitocondrial na doença de Huntington's

. Disfunção da autofagia na doença de Huntington's: proteção pela Rab7

. Stress do RE e controlo de qualidade proteico

. Bigenómica Translacional and farmacogenómica - potencial clínico

. Diabetes e envelhecimento cerebral