Seminário da Especialidade de Psicologia e Educação

Objectivos

1) Aquisição de capacidades de compreensão sistemática das questões e problemáticas da Psicologia
da Educação;
2) Compreender e distinguir as diferentes perspectivas teóricas de abordagem aos processos de
ensino/aprendizagem;
3) Compreender e identificar os diferentes factores que interferem na relação pedagógica,
compreender os seus níveis e tipos de ação e analisar consequências subjacentes a essas ações;
4) Aquisição da capacidade de analisar criticamente, avaliar e sintetizar ideias relativamente às
diferentes práticas em educação de modo a que possam refletir de forma sustentada sobre as práticas
e intervenções educativas
5) Aquisição de competências no domínio da Investigação em Educação que possibilitem a realização
trabalhos de investigação que mereçam divulgação nacional e internacional

Caracterização geral

Código

73221106

Créditos

10

Professor responsável

A disponibilizar brevemente

Horas

Semanais - 2

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

n.a.

Bibliografia

Arends, R. I. (2008). Aprender a ensinar (7ª Ed.).
Alexander, P. A., & Winne, P. H. (2006). Handbook of educational psychology (2nd ed.).
Black, P. & Wiliam, D. (2009) Developing the theory of formative assessment. Educational Assessment, Evaluation and Accountability, 21 (1), 5-3.
Black, P., Harrison, C., Lee, C., Marshall, B., & Wiliam, D. (2002). Working inside the black box.
Brophy, J. (2004). Motivating students to learn.
Florian Lani (Ed.) (2007). The SAGE handbook of special education.
Gaitas, S. & Morgado, J. (2010). Educação, Diferença e Psicologia, Análise Psicológica, 28(2), 359-375.
Jorro, A. (2000). L’enseignant et l’évaluation.
McMillan J. (2007). Classroom assessment.
Morgado, J. (2011) Qualidade e Educação Inclusiva. D. Rodrigues (Org.) Educação Inclusiva: dos conceitos às práticas, 109-124.
Morgado, J. (2004). Qualidade na Educação. Um desafio aos professores.
Pinto, A. I., Grande, C., Aguiar, C., Almeida, I. C., Felgueiras, I., Pimentel, J. S., (2012). Early childhood intervention in Portugal: An overview based on the Developmental Systems Model. Infants & YoungInfants & Young Children, 25(4), 1-13.
Woolfson, L.(2011).Educational Psychology: The impact of psychological research on education

Método de ensino

Nas aulas iremos utilizar principalmente metodologias activas, nomeadamente o Debate/Discussão de trabalhos resultantes de leituras de textos teóricos ou documentos autênticos sobre os diferentes conteúdos. Iremos ainda recorrer à Resolução de problemas em grupo e individualmente.

A abordagem desenvolvida procurará não só incentivar uma reflexão crítica e fundamentada dos estudantes sobre estas temáticas como também o contacto e apropriação de metodologias e instrumentos utilizados na caracterização destes constructos e na investigação.

Método de avaliação

1) Os alunos poderão escolher o módulo onde farão a avaliação presencial ou não presencial, (não pode ser no mesmo módulo) tendo para isso que avisar o professor responsável pelo módulo na primeira semana de aulas do respetivo módulo.

2) Avaliação Presencial:
“Apresentação oral e, ou discussão de um tópico/tema do módulo”. Ponderação 40%

3) Avaliação não Presencial:
“Recensão bibliográfica” (incide sobre um conjunto de documentos). Ponderação 60%

Conteúdo

1) Componentes cognitivos e sociocognitivos dos processos de aprendizagem
2) Diferentes abordagens ao processo de ensino/aprendizagem (modelos do processamento da
informação, construtivistas e sócio-construtivistas)
3) Influência do contexto nos processos de ensino/aprendizagem;
4) Avaliação e aprendizagem: Perspectivas de Avaliação; Fases do Processo de Avaliação
5) Aspectos afectivos envolvidos no processo de ensino/aprendizagem: Motivação; Autoconceito e
autoestima
6) Educação e Diversidade:
• Os movimentos de integração escolar
• A educação inclusiva
• Educação e qualidade
• Investigação em Educação Inclusiva

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: