Metodologias em Filosofia - 1. semestre

Objectivos

1. O seminário tem como objectivo partilhar experiências individuais no âmbito da metodologia da investigação filosófica
2. Outro objectiivo fundamental é o de estimular a definição progressiva de um trabalho final a apresentar como termo do curso de doutoramento

Caracterização geral

Código

73203100

Créditos

10

Professor responsável

João Sàágua

Horas

Semanais - 2

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português sem apoio tutorial em LE

Pré-requisitos

Não aplicável.

Bibliografia

- Anthony B. Atkinson, Inequality – What can be done?, Harvard: Harvard University Press
- John Rawls, Uma Teoria da Justiça, Lisboa: Editorial Presença, 2001, 3ª edição
- John Rawls, Political Liberalism, New York: Columbia University Press, 1995
- Harry G. Frankfurt, Inequality, Princeton & Oxford: Princeton University Press, 2015
- Samuel Freeman, Juatice and Social Contract – Essays on Rawlsian Political Philosophy, Oxford: Oxford University Press, 2007
- Thomas Nagel, Equality and Partiality, Oxford: Oxford University Press, 1991

Método de ensino

O curso recorre predominantemente a dois tipos de atividades, repartidas por dois momentos da aula. Durante a primeira hora, haverá uma exposição teórica dos conteúdos, seguida de formulação de questões pelos alunos e debate alargado sobre os pontos apresentados. Na segunda parte da aula, haverá lugar para a leitura, interpretação e análise dos textos em que se baseou a exposição de conteúdos.
Ensino presencial,

Método de avaliação

Participação no seminário e avaliação de um trabalho apresentado na aula

Conteúdo

Reconstrução da metodologia posta em prática no processo de investigação filosófica, cujo objectivo é o esclarecimento, a ampliação e as conexões de um problema. Exemplificar-se-á com um problema da filosofia moral e política: será que a igualdade possui um valor moral e político intrínseco ou existem formas legítimas de justificação moral e política da desigualdade? A metodologia proposta consiste na identificação de redes de conceitos que estruturam o problema, o conhecimento de textos relevantes de autores que definem a agenda da discussão contemporânea e permite a conexão com outras disciplinas para além da filosofia. O trabalho de investigação, assim caracterizado, deverá acabar por formular uma tese ou resposta ao problema inicialmente proposto ou, eventualmente, conduzir à sua reformulação. O trabalho em seminário possibilita que cada um dos participantes desenvolva, no quadro metodológico referido, a sua investigação sobre um problema específico, à sua escolha

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: