Problemáticas em Filosofia - 1. semestre

Objectivos

Adquirir:
a)Conhecimentos aprofundados de problemas nucleares de diferentes áreas disciplinares da investigação filosófica
b)A capacidade de analisar de forma aprofundada problemas nucleares relativos ao cruzamento e interferência recíproca entre diferentes áreas disciplinares da investigação filosófica
c)Conhecimentos aprofundados de problemas nucleares em diferentes correntes da história da Filosofia e da investigação filosófica atual
d)A capacidade de relacionar e confrontar de forma aprofundada diferentes correntes da história da filosofia e da investigação filosófica atual
e)Conhecimentos aprofundados de problemas de fronteira ou problemas nucleares de cruzamento interdisciplinar entre a investigação filosófica e outros domínios de investigação
f)Competências para identificar, formalizar e analisar criticamente os diversos tipos de problemas citados, desenvolvendo iniciativas autónomas de investigação e aprofundamento, que satisfaçam os mais elevados padrões de exigência e rigor

Caracterização geral

Código

73203101

Créditos

10

Professor responsável

António Marques, Giovanni Damele

Horas

Semanais - 2

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

Não tem.

Bibliografia

Frege, G. (2008): Funktion, Begriff, Bedeutung, Fünf logische Studien, Vandenhoeck und Ruprecht.

Heidegger, M. (1986): Sein und Zeit, Tübingen, Max Niemeyer Verlag.

Wittgenstein, L. (1984): “Tractatus lógico-philosophicus” in Werkausgabe, Band1, Frankfurt a. M., Suhrkamp Verlag, pp. 7-86.

“Philosophische Untersuchungen” in Werkausgabe, Band1, Frankfurt a. Main, Suhrkamp Verlag, pp. 225-580.

For every session there are obligatory readings.

Método de ensino

As aulas são orientadas para trabalho em seminário. O programa recorre a duas actividades principais. Na primeira hora vamos ler, expor e explicar os principais conceito e os quadros teóricos dos textos em foco. Na segunda hora, faremos a interpretação e análise dos textos com os alunos, a fim de promover o debate sobre perspectivas alternativas, possíveis objeções, a argumentação e a expressão.

Método de avaliação

A avaliação é individual, através de um ensaio escrito e discutido oralmente (100%) supervisionado no acompanhamento tutorial.

Conteúdo

Problemas, programas , soluções .

1) Perspectivas sobre sentido e compreensão na filosofia analítica e na hermenêutica.
2) O Tractatus de Wittgenstein como aplicação sistemática do programa de Frege. Somente o referente tem valor de verdade , é formalmente verificável e admite quantificação. A \"proposição bem formada\" e a reivindicação filosófica universal entre tautologia e contradição.
2) A tendência pragmática nas Investigações Filosóficas. A elaboração dos princípios de compreensão da linguagem como formas de ação em vários campos de significado: jogos. Linguagem é ação.
3) Heidegger. Radicalização da linguagem. O ante-predicativo. A pressão continua para expressar o sentido. As estruturas profundas da linguagem. Linguagem quotidiana dependente da proto estrutura anónima do sentido.

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: