Seminário de Especialidade em Linguística Histórica - 1. semestre

Objectivos

A UC deverá permitir aos estudantes:
Aprofundar o conhecimento de temas gerais e específicos da linguística histórica.
Analisar criticamente textos a serem selecionados em função dos temas a tratar no seminário.
Construir argumentos adequados para sustentar a apreciação de propostas e de opções metodológicas.
Analisar dados linguísticos de diferentes sincronias, selecionados e recolhidos de acordo com as metodologias adequadas.
Identificar problemas de investigação e definir corretamente questões de investigação, dentro de uma temática específica da linguística histórica.
Delinear um projeto de investigação e redigir, apresentar e discutir um plano de dissertação.

Caracterização geral

Código

73213105

Créditos

10

Professor responsável

Maria Teresa Brocardo

Horas

Semanais - 2

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

N/A

Bibliografia

Fertig, D. (2013) Analogy and Morphological Change. Edinburgh: Edinburgh University Press
Juge, M. L. (2013) Analogy as a source of suppletion. In R. Kikusawa and L. A. Reid (eds.) Historical Linguistics 2011: Selected papers from the 20th International Conference on Historical Linguistics. Amsterdam: John Benjamins, pp. 175-198
Kuteva, T. & B. Heine (2008) On the explanatory value of grammaticalization. In J. Good (ed.) Linguistic universals and language change. Oxford: Oxford University Press, pp. 215-230
Lopes, C. R. S & M. T. Brocardo (2016) Main Morphosyntactic Changes and Grammaticalization. In W. L. Wetzels, S. Menuzzi & J. Costa (eds.) The Handbook of Portuguese Linguistics. Malden / Oxford: Wiley Blackwell, pp. 471-486
Maiden, M., J. C. Smith and A. Ledgeway (eds.) (2011). The Cambridge History of the Romance Languages. Vol. I Structures. Cambridge: Cambridge University Press

Método de ensino

As sessões terão uma componente expositiva e teórica mas serão dedicadas sobretudo à discussão de textos e à descrição e análise de dados, com a participação ativa dos estudantes, e à apresentação e discussão dos projetos de investigação a serem definidos e planificados.

Método de avaliação

Avaliação: demonstração de capacidades de análise de dados, de apreciação crítica e de argumentação no âmbito da participação nas sessões do seminário – 40%; plano de projeto de investigação (incluindo a respetiva versão escrita e a sua apresentação e discussão) – 60%.

Conteúdo

O seminário começará por tratar alguns dos temas centrais da linguística histórica, como a especificidade das abordagens linguísticas diacrónicas e o papel que lhes é atribuído em diferentes modelos teóricos. Temas mais específicos, que poderão alternar em diferentes anos, serão discutidos a partir propostas descritivas e explicativas de mudanças (morfológicas, morfossintáticas, semânticas) ocorridas: (a) na emergência dos sistemas românicos a partir do latim; (b) na história do português.
Entre estes aspetos, incluem-se: processos e fatores associados à emergência de artigos definidos nas línguas românicas; inovação vs. persistência, mudanças analógicas e supletivismo em paradigmas verbais; identificação de formas / construções em competição e fatores de obsolescência; gramaticalização de marcadores / construções de tempo, aspeto e modalidade; questões metodológicas (p. ex., critérios de codificação e seleção de fontes textuais).

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: