Seminário de Especialidade em Psicolinguística - 1. semestre

Objectivos

Com esta Unidade Curricular, pretende-se que os alunos:
a) dominem conceitos básicos dos debates atuais em psicolinguística, no quadro generativista;
b) sejam capazes de refletir sobre os princípios da biolinguística;
c) aprofundem conhecimentos sobre literatura relevante na área da aquisição de L1, L2, Processamento e Variação Paramétrica, enquadrando-a nos debates em curso sobre a interação entre componentes envolvidas no uso e processamento da linguagem humana.

Caracterização geral

Código

73213109

Créditos

10

Professor responsável

Ana Maria Lavadinho Madeira, Maria Sousa Lobo Gonçalves, Susana Mesquita de Deus Correia

Horas

Semanais - 2

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português e Inglês

Pré-requisitos

Não aplicável.

Bibliografia

Di Sciullo, A. M., & Boeckx, C. (2011). The biolinguistic enterprise: New perspectives on the evolution and nature of the human language faculty. Oxford: Oxford University Press.

Phillips, C. (2013). On the nature of island constraints. I: Language processing and reductionist accounts. In J. Sprouse & N. Hornstein (eds.), Experimental syntax and island effects, pp. 64-108. Cambridge University Press.
Phillips, C. (2013). On the nature of island constraints. II: Language learning and innateness. In J. Sprouse & N. Hornstein (eds.), Experimental syntax and island effects, pp. 132-157. Cambridge University Press
Sprouse, J. & Lau, E.F. (2013). Syntax and the Brain. The Cambridge Handbook of Generative Syntax. Cambridge University Press, UK.
Boeckx, C., & Grohmann, K., eds. (2013). The Cambridge handbook of biolinguistics. Cambridge, UK: Cambridge University Press.
(other titles distributed during the course)

Método de ensino

Aulas expositivas. Seminário com apresentação de artigos por alunos. Discussão em aula de projetos de investigação.

Método de avaliação

Avaliação: Apresentação oral e escrita de projeto de investigação (70%); Recensão crítica de um artigo (30%).

Conteúdo

1. O paradigma generativista.
2. Do generativismo à biolinguística
3. O terceiro fator
4. Biolinguística – o papel do conhecimento sintático
5. A variação linguística no paradigma da biolinguística
6. Desenvolvimento linguístico – o que é linguagem, o papel do processamento e das rotinas
7. Desenvolvimento linguístico e problemas de desenvolvimento
8. O conhecimento linguístico no desenvolvimento de L2
9. Conhecimento sintático – aquisição e variação.

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: