Sociologia do Ambiente e Comunicação

Objectivos

O objectivo é abordar as dimensões sociais das questões ambientais e particularmente das alterações climáticas (ac’s). Abordar também as dimensões de carácter comunicacional das ac’s. Dar a conhecer as diferentes vertentes do trabalho científico desenvolvido nesta área articulando quadros teóricos e casos empíricos. Destacam-se: percepção do problema das ac’s e seus efeitos nos comportamentos sociais; construção do conhecimento científico e sua transferência para o senso comum; projecção mediática do tema e seu impacto na opinião pública; novas condições de aplicação de políticas públicas com incidência nas diversas escalas territoriais e considerando os processos de inovação legal neste campo; participação pública e processos de decisão em contextos de urgência e complexidade; desenvolver competências dos alunos sobre o papel das Ciências Sociais na compreensão das questões ambientais e ac’s; e providenciar instrumentos para aprofundar pesquisas autónomas.

Caracterização geral

Código

73224106

Créditos

5

Professor responsável

A disponibilizar brevemente

Horas

Semanais - 2

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

Não aplicável

Bibliografia

Beck, U. ,1999. World Risk Society. Cambridge: Polity Press.
Castells, M.,2012. Networks of Outrage and Hope : Social Movements in the Internet Age. Camb./Malden: P. Press.
Dunlap, R. E.et al ,2007. \"Env. Sociology.\" C. D.
Bryant and D. L. Peck ,21st Century Sociology: A Reference Handbook -Thousand Oaks, CA: P.329-340.
Dunlap, R. E. e P. J. Jacques,2013, “Climate Change Denial Books and Conservative Think Tanks: Exploring the Connection”. American Behavioral
Scientist. 57: 6. Pp. 1-33.
Mol, A. P.J. e D. A. Sonnenfeld, 2000. Ecological Modernisation Around the World – Perspectives and Critical Debates. London, Or: Frank Cass.
Redclift, M. e G. Woodgate,2010- The International Handbook of Environmental Sociology. Edward Elgar, Chichester and London.
Schmidt, L.,2008-“Políticas Ambientais: escalas e desajustes”. Itinerários – 25 anos de investigação no ICS. Imp. de C.S.
Carvalho, A., et al,2013-“Climate change research and policy in Portugal”. WIREs Clim Change. doi: 10.1002/wcc.258

Método de ensino

As aulas são teórico-práticas, seguidas de um debate com os alunos. A parte expositiva inclui uma abordagem teórica à temática da aula ao que se seguem exemplos de casos empíricos sobre o tema. O debate desafia os alunos a exercitar o que aprenderam, ensaiando, por exemplo, formas
e critérios para noticiar o problema das AC’s (nomeadamente as COP’s); ou processos de inquirição às populações; ou defesa de diferentes perspectivas supondo que representam diferentes sectores económicos e sociais face ao problema da adaptação às AC’s. Para cada aula são previamente colocados na plataforma Moodle um Power Point e algumas referências bibliográficas sobre o tema em análise.

Método de avaliação

A avaliação é composta pela participação nas aulas (20%) e por um ensaio sobre uma das áreas do conteúdo programático tendo em conta os objectivos de investigação para a tese de doutoramento (80%). O docente acompanha e orienta a preparação destes ensaios. Todos os trabalhos são discutidos individualmente com os alunos.

Conteúdo

1. Ambiente, Ambientalismo e Sociedade - enquadramento histórico das questões ambientais
2. Sociologia do Ambiente (SA)- debates fundamentais: construtivismo / realismo; políticas do desenvolvimento / ecologia humana; modernização ecológica / limites do crescimento
3. Temas, problemas e pesquisas da SA face às alterações climáticas (AC’s) - causas e impactos dos problemas ambientais e do risco; práticas e valores ambientais; participação cívica; controvérsias científicas
4. Ambiente e Comunicação globais - a comunicação no mundo moderno
5. Estudos de Media, Ambiente e AC’s - inauguração e trânsito do tema das ac’s no espectro mediático
6. Políticas de Ambiente, AC’s e Governança - reformas ambientais: enquadramento legal e institucional; sistemas de informação pública e modelos de participação; factores de mudança e de bloqueio
7. AC’s e Sustentabilidade - conhecimento científico e comum; mobilização e tomada de decisão em contextos de urgência e complexidade.