Seminário sobre Energia e Alterações Climáticas

Objectivos

Tem-se por objectivo que os alunos compreendam a relação intrínseca entre energia e alterações climáticas, nas vertentes tecnológica, económica e ambiental, por forma a poderem vir a analisar, avaliar e decidir no contexto da energia e alterações climáticas.
Os alunos devem adquirir conhecimento e aptidões nos domínios das energias renováveis vs fósseis; da eficiência energética, e outras opções de mitigação climática. Pretende-se que os alunos adquirem conhecimento da perspectiva da política pública, nomeadamente sobre instrumentos de mitigação como o comércio europeu de licenças de emissão, bem como da perspectiva das empresas, como as estratégias climáticas empresariais, pegada de carbono de produtos em mercados de mitigação voluntária, mercados voluntários de carbono.
Espera-se que os alunos apreendam a abordagem da análise de sistemas, por forma a abarcarem as inter-relações entre as várias componentes do sistema energético e as suas implicações nas alterações climáticas.

Caracterização geral

Código

73224109

Créditos

5

Professor responsável

A disponibilizar brevemente

Horas

Semanais - 2

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

Não aplicável

Bibliografia

- “Sustainable Energy - Choosing Among Options”, Tester, J. W., Drake, E. M., Golay, M. W., Driscoll, M. J. and Peters, A. - 2005,Cambridge, MA: MIT Press, 2005. ISBN: 0262201534
- “Renewable Energy”, Godfrey Boyle-2004, Oxford University Press, USA; 2 edition (2004). ISBN-10: 0199261784
- “Energy Efficiency: Principles and Practices”, Penni McLean-Conner-2009,PennWell Corp. (2009) ISBN-10: 1593701780
- World Energy Outlook annual reports, International Energy Agency
- Selected Technological roadmaps, developed by International Energy Agency
- IPCC, 2011: IPCC Special Report on Renewable Energy Sources and Climate Change Mitigation. Prepared by Working Group III of the
Intergovernmental Panel on Climate Change [O. Edenhofer, R. Pichs-Madruga, Y. Sokona, K. Seyboth, P. Matschoss, S. Kadner, T. Zwickel, P.
Eickemeier, G. Hansen, S. Schlömer, C. von Stechow (eds)]. Cambridge University Press, Cambridge, United Kingdom and New York, NY, USA, 1075 pp.

Método de ensino

A UC assenta num conjunto de sessões de apresentação dos vários temas onde o espaço de debate é normalmente alargado.
As UC dedicadas a recursos e tecnologias de energias renováveis tem o suporte adicional de especialistas da área, nomeadamente as que se referem aos biocombustíveis e à energia solar, o que permite aos alunos emergirem com alguma profundidade nos respectivos temas.
Uma das sessões é um workshop de trabalho sobre as relações energia e alterações climáticas, em que os alunos devem ler e analisar previamente um artigo científico que ilustra a essência dos objetivos da UC (van Vuuren et al (2012) An energy vision: the transformation towards
sustainability — interconnected challenges and solutions. Current Opinion in Environmental Sustainability 2012, 4:18–34).

Método de avaliação

A avaliação da UC é feita através de um trabalho conjunto de 3 alunos que devem responder a um desafio sobre a sua visão de um futuro de baixo carbono para uma atividade económica selecionada pelos alunos.

Conteúdo

Os conteúdos programáticos incluem os seguintes temas:
i) conceitos e cálculos fundamentais em energia e emissões de gases com efeito de estufa;
ii) modelação de sistemas energéticos e sua relação com as emissões de gases com efeito de estufa: ferramentas de projeção e análise das drivers de projeção de energia, consideração da incerteza;
iii) energias renováveis: estado da arte das tecnologias de conversão (mercado e I&D), recursos endógenos, preços do recurso e curvas de aprendizagem das tecnologias;
iv) eficiência energética, potencial tecnológico e factores condicionantes; quadro regulamentar na Europa.
v) mitigação climática: opções tecnológicas e critérios de decisão; quadro regulamentar na Europa (o Pacote Energia-Clima)
vi) Mecanismos de promoção de economias de baixo carbono: mercado de licenças de emissão; estratégias climáticas empresariais: pegada de carbono de produtos em mercados de mitigação voluntária, mercados voluntários de carbono.