Antropologia do Espaço

Objectivos

1. Adquirir a informação etnográfica e teórica que constitui o património mais clássico da Antropologia do Espaço.
2. Realizar uma reflexão teórica e metodológica alargada em torno da constituição mais recente do seu campo disciplinar.
3. Actualizar as suas problemáticas em torno de estudos de caso recentes, de forma a realizar uma discussão cientifica e eticamente
fundamentada sobre as possíveis aplicações práticas dos saberes da disciplina.

Caracterização geral

Código

711001003

Créditos

6

Professor responsável

A disponibilizar brevemente

Horas

Semanais - 4

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

Não tem.

Bibliografia

Augé, M. (2005), Não-lugares : introdução a uma antropologia da sobremodernidade, 90º, Lisboa (1ª ed. 1992)
Lefebvre, H. (1986), La production de l´espace, Paris, Anthropos (1ª ed.1974).
Low, Setha M. e Lawrence-Zúñiga, Denise (2003), The Anthropology of space and place, locating culture, Malden/Oxford/Carlton/Berlin, Blackwell.
Mauss, M. (1974), Sociologia e Antropologia, vol. 2, São Paulo, EPU (1ª ed. 1950).
Silvano, F. (2010), Antropologia do espaço, Lisboa, Assírio e Alvim.
Silvano, F. (2011), De casa em casa: sobre um encontro entre etnografia e cinema, Caldas da Raínha, Palavrão.
Simmel, G. (1997), A metrópole e a vida do espírito, Fortuna, C. (org.), Cidade, Cultura e Globalização, Oeiras, Celta, 31-43.

Método de ensino

1. Aulas centradas na exposição do docente, tendo por base a análise e reflexão crítica das obras mais significativas da antropologia do espaço.
2. Aulas centradas na apresentação, feita pelos estudantes, de fichas de leitura de textos definidos pelo docente.
3. Aulas centradas na apresentação, feita pelo docente, de estudos de caso, seguida de discussão com os estudantes.

Método de avaliação

1. Preparação e realização de um teste (50%)
2. Apresentação oral de leituras (40%)
3. Presença e participação nas aulas (10%)

Conteúdo

1. O PATRIMÓNIO DISCIPLINAR
1.1. O ESPAÇO NA OBRA DE ALGUNS CLÁSSICOS
1.1.1. Émile Durkheim, Marcel Mauss e Maurice Halbwachs
1.1.2. Claude Lévi-Strauss
1.1.3. Georg Simmel e Walter Benjamin
1.1.4. Robert Park e Louis Wirt
1.1.5. Evans-Pritchard
1.2. A AUTONOMIZAÇÃO DO ESPAÇO
1.2.1. A produção do espaço (Henri Lefebvre)
1.2.2. Os modos de espacialização (Raymond Ledrut)
1.2.3. A urbanização (Jean Rémy e Liliane Voyé)
2. PROPOSTAS PARA UM NOVO CAMPO DISCIPLINAR - a Antropologia do espaço
2.1. Edward T. Hall - E.U.A., anos 1960
2.2. Françoise Paul-Lévy e Marion Segaud - França, anos 1980
2.3. Setha M. Low e Denise Lawrence-Zúñiga – E.U.A, anos 2000
3. PROPOSTAS DE TRABALHO PARA UM NOVO ESPAÇO
3.1. As heterotopias ( Michel Foucault)
3.2. Os não-lugares ( Marc Augé)
3.3. As ethnoscapes (Arjun Appadurai)
3.4. A multilocalidade (Margaret C. Rodman)
4. Estudos de caso – múltiplas possibilidades para um espaço contemporâneo

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: