Antropologia e Colonialismo - 2. semestre

Objectivos

a)- Os alunos devem ficar aptos a demonstrar um conhecimento crítico do colonialismo, quer na perspectiva do colonizador, quer na perspectiva
do colonizado;
b)- Os alunos ficarão conhecedores dos efeitos do colonialismo português sobre as culturas africanas;
c)- Os alunos devem ficar aptos a explicar a influência histórica do colonialismo no desenvolvimento da antropologia portuguesa;
d)- Os alunos devem ficar aptos a avaliarem o papel da antropologia portuguesa no desenvolvimento do sistema de governação

Caracterização geral

Código

711001008

Créditos

6

Professor responsável

Docente a definir

Horas

Semanais - 4

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

Não tem.

Bibliografia

Pierre BOURDIEU, 1976, \"Les conditions sociales de la production sociologique: sociologie coloniale et décolonisation de la sociologie\", in Henri
Moniot (ed.), Le Mal de Voir. Ethnologie et Orientalism: politique et épistémologie, critique et auto-critique, Union Générale d´Éditions, Cahiers Jussieu, (2), Université de Paris VII, Paris.
Serge D. ELIE, 2012, “Quest for a Post-Exotic Anthropology”, in Third World Quarterly, 33:7, Taylor & Francis Group, Philadelphia.
Ania Loomba, 1998, Colonialism/Postcolonialism, Routledge, London.
Edward W. SAID, 2004, Cultura e Imperialismo, Companhia das Letras, São Paulo.
David SCOTT, 1999, Refashioning Futures: Criticism after Postcoloniality, Princeton University Press, Princeton.
George W. STOCKING JR., 1991, \"Colonial situations\", in George W. STOCKING JR. [ed.], Colonial Situations. Essays on the contextualization of
ethnographic knowledge, History of Anthropology, vol. 7, Wisconsin, Madison.

Método de ensino

As aulas compõem-se de 1 hora de exposição, seguidas de 1 hora de discussão em aula dos temas e das questões fundamentais apresentadas
na exposição.

Método de avaliação

A avaliação de Antropologia Linguística baseia-se em 2 componentes:
- exame escrito a decorrer no período de exames - 70%;
- avaliação contínua (presença nas aulas e participação nas discussões) - 30%.

Conteúdo

1. Introdução: Colonialismo, definições e conceitos.
2. História e historiografia do colonialismo: o sistema colonial português.
3. O colonialismo e a produção do saber: a \"ocupação científica\" das colónias portuguesas.
4. A antropologia colonial em Moçambique: quatro estudos de caso.
4.1. A Antropologia Física da \"Missão Antropológica de Moçambique\" (1936-1955);
4.2. A codificação dos usos e costumes da \"Missão Etognósica de Moçambique\" (1941-1944);
4.3. A avaliação antropológica dos funcionários administrativos coloniais em Moçambique (1945-1960);
4.4. A Antropologia Aplicada da \"Missão de Estudos das Minorias Étnicas do Ultramar Português\" (1957-1960).
5. Críticas post-coloniais.

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: