Contextos Etnográficos (latino-americanos) - 1. semestre

Objectivos

O objetivo fundamental da unidade curricular é introduzir os estudantes a algumas linhas de força da realidade etnográfica do Brasil e da reflexão antropológica que esta tem suscitado. Partindo de uma apresentação genérica das grandes linhas de desenvolvimento da antropologia brasileira, a disciplina propõe um enfoque mais aprofundado sobre alguns grandes temas: a etnologia indígena, as relações raciais, as religiões afro-brasileiras, os estudos de antropologia urbana. A abordagem proposta combina a atenção aos debates teóricos com o exame de etnografias particularmente significativas.

Caracterização geral

Código

711001051

Créditos

6

Professor responsável

João de Freitas Leal, Rodrigo Lacerda

Horas

Semanais - 4

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

Não tem.

Bibliografia

Bastide, R., 2005 [1958]. O Candomblé da Bahia. São Paulo: Companhia das Letras. Caldeira, T. P. R., 2000. Cidade de Muros. Crime, Segregação e Cidadania em São Paulo. São Paulo: EdUSP/Editora 34. Freyre, G., 1957 [1932]. Casa Grande e Senzala. Lisboa: Livros do Brasil. Matory, J. L., 2005. Black Atlantic Religion. Tradition, Transnationalism, and Matriarchy in the Afro-Brazilian Candomblé. Princeton, Princeton University Press. Oliveira, J. P. de (ed.), 2004. A Viagem de Volta. Etnicidade, Política e Reelaboração Cultural no Nordeste Indígena. Rio de Janeiro: Contra Capa/ LACED. Ribeiro, D., 1996 [1995]. O Povo Brasileiro. A Formação e o Sentido do Brasil. São Paulo: Companhia das Letras. Sheriff, R. E., 2001. Dreaming Equality. Colour, Race, and Racism in Urban Brazil. New Brunswick: Rutgers University Press. Viveiros de Castro, E., 1996. “Os pronomes cosmológicos e o perspectivismo ameríndio”, Mana, 2 (2): 115-144.

Método de ensino

As aulas seguem uma metodologia teórico-prática. Em cada aula um estudante apresenta e dinamiza a discussão do texto de referência para a aula. Segue-se uma exposição por parte do docente, que procura dar uma visão articulada e de conjunto das leituras e temas tratados.

Método de avaliação

A avaliação é constituída pelos seguintes elementos: apresentação de leitura em aula; assiduidade e participação nas aulas; dois testes, um no meio do semestre e outro no final.

Conteúdo

1. Brasil: uma introdução.A antropologia brasileira: desenvolvimento histórico e principais áreas de interesse contemporâneas. 2. Etnologia ameríndia. Perspectivas antropológicas contemporâneas sobre os povos indígenas 3. Raça e Nação.O mito da “democracia racial”. Debates e pesquisas em torno do racismo à brasileira. 4. Religiões Afro-Brasileiras. O paradigma africanista em Bastide. Para além do paradigma africanista: outras perspetivas sobre o candomblé e a umbanda. 5. Antropologia Urbana: Asfalto e Periferia

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: