Antropologia das Migrações

Objectivos

Pretende-se fornecer os instrumentos teóricos para a interpretação das migrações contemporâneas, privilegiando a perspectiva antropológica. No final do curso, o aluno estará familiarizado não apenas com os principais autores a trabalhar nesta área de pesquisa, mas também com os respectivos debates teóricos.

Caracterização geral

Código

711001069

Créditos

6

Professor responsável

A disponibilizar brevemente

Horas

Semanais - 4

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

n.a.

Bibliografia

Brettell, C., 2015. “Theorizing migration in Anthropology”, in C. Brettell & J. Hollifield (eds.), Migration Theory. Londres: Routledge, pp. 148-197 Brubaker, R., 2005. “The ‘diaspora’ diaspora”, Ethnic and Racial Studies, 28 (1): 1-19 De Genova, N. & N. Peutz (eds.), 2010. The Deportation Regime. Durham: Duke University Press Eades, J. (ed.), 1987. Migrants, Workers and the Social Order. London: Tavistock Publications Fikes, K., 1998. “Domesticity in Black and White: Assessing Badia Cape Verdean Challenges to Portuguese Ideals of Black Womanhood”, Transforming Anthropology, 7 (2): 5-19. Schiller, N. G. et al., 1992. “Transnationalism: A New Analytic Framework for Understanding Migration”, Annals of the New York Academy of Sciences, 645: 1-24. Vertovec, S., 2007. “New Directions in the Anthropology of Migration and Multiculturalism”, Ethnic and Racial Studies, 30 (6): 961-978 Wacquant, L., 2006. Urban Outcasts. London: Polity.

Método de ensino

As aulas serão essencialmente expositivas e sempre que pertinente acompanhadas pela exibição de documentários etnográficos/filmes. A participação dos alunos será encorajada através da apresentação de textos previamente indicados pelo docente.

Método de avaliação

A avaliação tem uma natureza semi-continua e será efectuada através de dois elementos: (i) Uma apresentação em aula acompanhado pela elaboração de um article review (ii) Uma frequência, sem consulta, a realizar no final do semestre

Conteúdo

Das teorias da modernização a uma teoria comparativa da localidade A Escola de Chicago, as migrações e o continuum rural-urbano A antropologia de Manchester: migrações laborais e colonialismo(s) Teorias da dependência, articulação e economia política das migrações Transnacionalidades Múltiplas diásporas e os seus discursos Espaços rituais transnacionais A atração do lugar remoto O género das migrações Nacionalismos de longa distância e as políticas do passado Religião, geração e racismos Marginalidade avançada e a racialização da sociedade portuguesa Fronteiras, margens e deportabilidade “Expatriados”, “refugiados”, “imigrantes” ou a segmentação das mobilidades

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: