Arqueologia Pré-Histórica (Sociedades Agro-Pastoris e Metalurgistas) - 2. semestre

Objectivos

OB1. Adquirir um conhecimento holístico da Pré-História entre o Neolítico e a Idade do Bronze, com especial destaque para a Península Ibérica;
OB2. Analisar criticamente as abordagens teórico-metodológicas da disciplina, compreendendo a importância do método arqueológico como instrumento de análise do passado.
OB3. Reconhecer a estrutura diacrónica da Pré-História mais recente, alcançando um esquema cronocultural sólido para as diversas áreas geográficas tratadas;
OB4. Reconhecer os processos e ambientes em que se desenvolveu a evolução socioeconómica e cultural das comunidades agro-pastoris;
OB5. Desenvolver a capacidade de sintetizar e analisar criticamente informação com a qual se possa criar conhecimento histórico.

Caracterização geral

Código

711051004

Créditos

6

Professor responsável

Docente a definir

Horas

Semanais - 4

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

Não se aplica

Bibliografia

Manuais e obras de referência:
- CARDOSO, J.L. (2007). Pré-História de Portugal. Lisboa: Universidade Aberta. # ARQ 398 (UNLFCSH/BMSC) – 58501
- GARCÍA PUCHOL, O. (2017). Times of neolithic transition along the Western Mediterranean. New York, Springer
- LILIOS, K. T. (2019). The archaeology of the Iberian Peninsula. From the Paleolithic to the Bronze Age. Cambridge University Press
- LÓPEZ GARCÍA, P. (Coord.). (2017). La Prehistoria en la Península Ibérica. Madrid: Itsmo.
- SCARRE, C. (Ed.). (2013). The human past: World prehistory and the development of human societies (3rd ed.). New York: Thames & Hudson. # ARQ REF 13 (UNLFCSH/BMSC) – 64484
Será oferecida bibliografia complementar para cada secção do programa.

Método de ensino

Aulas teóricas presenciais apoiadas em informação audiovisual que ajudem a reforçar os conteúdos da unidade curricular. Visitas a museus para complementar a informação teórica transmitida em aula.

Método de avaliação

Dois testes escritos individuais e presenciais (cada um deles, 50% da nota) em que se avaliará o domínio e a capacidade de análise e reflexão do aluno em relação aos conhecimentos transmitidos ao longo do curso. Será tida em conta a participação ativa dos alunos nas aulas. Consideram-se aprovados os alunos que obtiverem média igual ou superior a 10 valores.

Conteúdo

1. INTRODUÇÃO:
1. Apresentação da disciplina
2. Definições e conceitos básicos
3. O ponto de partida: os caçadores e recolectores holocénicos
2. NEOLÍTICO E A NEOLITIZAÇÃO:
1. Diferentes focos de origem da agricultura
2. A Neolitização do Continente Europeu
3. A Neolitização da Península Ibérica
4. A transformação e monumentalização da paisagem
3. PRIMEIRAS SOCIEDADES METALÚRGICAS DA EUROPA:
1. O conceito de Calcolítico: problemas e limitações
2. Desenvolvimento da metalurgia na Europa e na Península Ibérica
3. Emergência das sociedades complexas
4. O Campaniforme
5. Intercâmbios e interconexões
4. A IDADE DO BRONZE:
1. A metalurgia do bronze na Europa e na Península Ibérica
2. A Idade do Bronze na Ibéria Mediterrânea
3. A Idade do Bronze na Ibéria Atlântica

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: