Teoria e História da Arqueologia - 1. semestre

Objectivos

- Entender e dominar os conceitos base de trabalho,
- Entender os processos das metodologias base da disciplina,
- Conhecer as principais linhas teóricas desenvolvidas ao longo da prática arqueológica,
- Conhecer os principais acontecimentos históricos, nacionais e internacionais, que formaram a disciplina arqueológica,
- Desenvolver competências na área de criação de quadros teóricos para a análise dos sítios, contextos e materiais arqueológicos,
- Enquadrar as tendências actuais da investigação arqueológica com as teorias vigentes,
- Saber aplicar os conhecimentos em situações práticas.

Caracterização geral

Código

711051174

Créditos

6

Professor responsável

Tania Manuel Casimiro

Horas

Semanais - 4

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

Não aplicável

Bibliografia

ARNAUD, J. (coord.). (2002). «Arqueologia 2000 – Balanço de um Século de Investigação Arqueológica em Portugal». Arqueologia e História, Vol.54. Lisboa : AAP.
BICHO, N. F. (2006). Manual de Arqueologia Pré-Histórica. Lisboa: Edições 70.
FABIÃO, Carlos (2011). Uma História da Arqueologia Portuguesa, das origens à descoberta da arte do Côa, Lisboa, CTT Correios de Portugal.
HODDER, Ian (1995). Theory and Practice in Archaeology. New York: Routledge.
HODDER, Ian (1998). Interpretación en arqueologia: corrientes actuales. Barcelona: Crítica.
JONHSON, M. (2010). Archaeological Theory: An Introduction. 2ª Ed. Oxford: Wiley-Blackwell.
PRAETZELLIS, Adrian (2011) Death by theory: a tale of mystery and archaeological theory. Rowman Altamira.
RENFREW, C.; BAHN, P. (2016). Archaeology: Theories, Methods and Practice. 6ª Edição, Londres: Thames & Hudson.
TRIGGER, Bruce (1989). A History of Archaeological Thought. Cambridge, Cambridge
University Press (2nd Edition: 2006).

Método de ensino

Ensino presencial através de aulas teóricas acompanhadas por informação audiovisual, e de aulas práticas de análise de casos de estudo e aplicação da teoria a contextos reais. Análise de textos chave e de projectos de investigação paradigmáticos. Discussão de temas e seu enquadramento nas problemáticas da investigação arqueológica actual. Simulação de aplicação das várias correntes analisadas a casos diversos. Visitas de estudo e presença em conferências pertinentes para o tema de estudo.

Método de avaliação

Avaliação:
1) Prova presencial escrita (teste) (50%)
2) Apresentação e Discussão de Texto (50%)
(100% = 20 valores)

Conteúdo

1. Introdução à Teoria em Arqueologia
2. Os clásssicos, o coleccionismo e os gabinetes de curiosidades
3. Colonialismo e a Arqueologia Imperial
4. A Arqueologia enquanto ciência
5. A «Nova» Arqueologia
6. Interpretativismo e as questões sociais em Arqueologia
7. Género, Poder e Arqueologia Indígena
8. Arqueologia Pública e o trabalho com as comunidades
9. Arqueologia Hoje: tendências

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: