Metodologia em Arqueologia - 1. semestre

Objectivos

1) Definir arqueologia e o seu papel na reconstrução do passado
2) Enquadrar a prática arqueológica no contexto do método científico
3) Entender as especificidades da metodologia arqueológica nos vários contextos de trabalho, em pesquisa, campo e laboratório.
4) Saber enquadrar a prática arqueológica no âmbito da legislação nacional e internacional, da deontologia, e das boas práticas.
5) Saber produzir pedidos de autorização, relatórios, e outros documentos científicos de acordo com os preceitos da prática arqueológica.

Caracterização geral

Código

711051175

Créditos

6

Professor responsável

Docente a definir

Horas

Semanais - 4

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português sem apoio tutorial em LE

Pré-requisitos

Não aplicável

Bibliografia

ALARCÃO, Jorge, Para uma conciliação das Arqueologias, Porto, 1996
ALARCÃO, Jorge, A escrita do Tempo e a sua Verdade, Quarteto editora, Coimbra 2000
BICHO, N. F. (2006) – Manual de Arqueologia Pré-Histórica. Lisboa: Edições 70.
ECO, Umberto (1980) - Como se Faz uma Tese em Ciências Humanas, Lisboa, Presença, 1980
HODDER, Ian. 1998. Interpretación en arqueologia: corrientes actuales. Barcelona: Crítica
RENFREW, C.; BAHN, P., (eds.), 2005, Archaeology. The key concepts. Londres: Routledge.
RENFREW, C.; BAHN, P., 2012, Archaeology: Theories, Methods and Practice. 4ª Edição, Londres: Thames & Hudson

Método de ensino

Aulas teóricas acompanhadas por informação audiovisual. Análise de casos de estudo nacionais e internacionais, e sua discussão em grupo. Apresentação em aula da investigação realizada pelos alunos. Visitas de estudo a arquivos, museus e sítios arqueológicos.
Ensino presencial.

Método de avaliação

1) Presença e Participação em aula (10%)
2) Prova presencial escrita (teste) (45%)
3) Trabalho prático de investigação (45%)
(100% = 20 valores)

Conteúdo

1. Metodologia do trabalho científico em arqueologia
1.1. A arqueologia: conceitos e metodologias base
1.2. A pesquisa bibliográfica e os instrumentos de trabalho na rede. Os sistemas de
referenciação bibliográfica.
1.3. Problemáticas da investigação sobre o passado: a importância das fontes materiais. Correntes de pensamento em arqueologia. Interdisciplinaridade, arqueociências e arqueologia experimental.
1.4. Do plano de trabalho à síntese: os suportes de divulgação do trabalho científico e suas metodologias de elaboração.
2. Metodologia do relatório em arqueologia
2.1. O enquadramento legislativo: o regulamento de trabalhos arqueológicos, circulares e formulários.
2.2. Relatório de trabalhos arqueológicos.
2.3. A arqueologia e os Estudos de Impacte Ambiental.
3. Ética em arqueologia. A prática deontológica.
4. A Arqueologia ao serviço da sociedade. Arqueologia Aplicada. Novas tecnologias de comunicação em arqueologia. Arqueologia pública.

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: