Filosofia da Comunicação - 1. semestre

Objectivos

Discutir e compreender das principais questões filosóficas relativas à comunicação.
Situar as discussões filosóficas no contexto dos debates contemporâneos sobre a comunicação.
Fornecer aos alunos as ferramentas conceptuais necessárias para uma análise crítica da comunicação.


Caracterização geral

Código

711011017

Créditos

6

Professor responsável

Dima Mohammed, Marcin Lewinski

Horas

Semanais - 4

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português-Inglês

Pré-requisitos

Não aplicável.

Bibliografia

Austin, J.L. (1962). How to do things with words. Oxford.
Craig, R.T., & Muller, H.L. (2007). Theorizing communication. London.
Grice, H. P. (1975). Logic and conversation. In P. Cole & J. L. Morgan (Eds.), Syntax and semantics, Vol. 3: Speech acts (pp. 41-58). New York.
D. Fogal, Harris, D.W., & Moss, M. (2018). New work on speech acts. Oxford.
Lewiński, M., & Mohammed, D. (2016). Argumentation Theory. In K. B. Jensen & R. T. Craig (Eds.), The International Encyclopedia of Communication Theory and Philosophy (pp. 1-15). New York.
Ludlow, P. (2014). Living Words: Meaning Underdetermination and the Dynamic Lexicon. Oxford.
Searle, J.R. (1969). Speech acts. Cambridge.
Tomasello, M. (2008). Origins of Human Communication. Cambridge, MA.
Tomasello, M. (2019). Communication. In M. Tomasello, Becoming Human: A Theory of Ontogeny (pp. 91-133). Cambridge.
Wittgenstein, L. (2001/1952). Philosophical Investigations. 3rd ed., (transl. by G.E.M. Anscombe). Oxford.

Método de ensino

O ensino baseia-se na exposição teórica da matéria e na discussão dos temas apresentados em cada aula.
Ensino presencial

Método de avaliação

40% - Frequência meio-semestre
60% - Frequência final

Conteúdo

1. Temas principais da filosofia:
a. Ontologia (O que é)
b. Epistemologia (Como sabemos o que é?)
c. Filosofia da linguagem e filosofia da comunicação (Como podemos comunicar o que sabemos?)

2. Grandes tradições de filosofia da comunicação: retórica e argumentação, semiótica, fenomenologia, cibernética, psicologia social, tradição sociocultural, teoria crítica (Craig)

3. As origens da comunicação humana: dos animais aos seres humanos (Tomasello)
a. Gestos naturais (apontar, imitar)
b. Convenções
c. Cooperação e intenções compartilhadas
d. Comunicação e Inteligência Artificial (Turing, Searle)

4. Linguagem, comunicação e racionalidade
a. Sintática, semântica, pragmática
b. Teoria dos atos de fala: jogos de linguagem, performativos e constativos (Wittgenstein, Austin, Searle)
c. Atos de fala enquanto atos sociais e políticos (Langton, Saul)
d. Fundamentos racionais para conversação (Grice)
e. Conversação e significado (Ludlow)
f. Argumentação e comunicação racional (Habermas)