Teoria da Notícia - 1. e 2. semestre

Objectivos

a) Contribuir para a formação de cidadãos capazes de “ler, ver e ouvir” as notícias de forma atenta e crítica;
b) Compreender os diversos constrangimentos que condicionam o funcionamento do campo jornalístico;
c) Refletir sobre o papel dos jornalistas e do campo jornalístico numa sociedade democrática, tendo como pano de fundo as definições implícitas na teoria democrática;
d) Debater a atividade dos profissionais do campo jornalístico, mobilizando, sempre que possível, a atualidade noticiosa como “mote” para a reflexão;
e) Refletir sobre o futuro do jornalismo e os desafios que a ele atualmente se colocam nas sociedades democráticas.

Caracterização geral

Código

711011049

Créditos

6

Professor responsável

Marisa Torres da Silva

Horas

Semanais - 4

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português sem apoio tutorial em LE,

Pré-requisitos

n.a.

Bibliografia

• Traquina, N. (2002). O que é: Jornalismo. Lisboa: Quimera.
• Chalaby, J. (2003). “O jornalismo como invenção anglo-americana. Comparação entre o desenvolvimento do jornalismo francês e anglo-americano (1830-1920)”, Media & Jornalismo, 3: 29-50.
(Aula de 1 de Outubro)
• O’Neill, D.; Harcup, T. (2009). “News values and selectivity”, Karin Wahl-Jorgensen & Thomas Hanitzch (eds), Handbook of Journalism Studies. London: Routledge. pp. 161-174.
• Heinonen, A. (2011). “The journalist’s relationship with users. New dimensions to conventional roles”, Jane B. Singer et al. (eds), Participatory journalism. Guarding open gates at online newspapers. Oxford: Blackwell Publishing. pp. 34-55.
• Hedman, U.; Djerf-Pierre, M. (2013). “The social journalist”. Digital Journalism 1 (3): 368-385.
• Kovach, B; Rosenstiel, T. (2004). Os elementos do jornalismo. O que os profissionais do jornalismo devem saber e o público deve exigir, Porto: Porto Editora.

Método de ensino

Exposição da matéria, discussão de textos e debate sobre casos específicos da actualidade jornalística.
Ensino presencial.

Método de avaliação

A avaliação tem dois factores de ponderação: 1) Prova escrita de frequência presencial (70%), sem consulta; 2) Outros elementos (30%) - Qualidade da participação nas aulas; Recensão, até 4000 palavras, de um dos textos indicados pela docente no início do semestre.

Conteúdo

1. Jornalismo e democracia – uma perspectiva histórica da evolução do jornalismo nas sociedades democráticas;
2. A profissionalização do jornalismo e a afirmação de uma autoridade profissional;
3. A comunidade jornalística – uma certa forma de olhar para o mundo? Normas, valores e competências profissionais;
4. As teorias do jornalismo. Do “espelho da realidade” ao newsmaking;
5. Os valores-notícia;
6. Desafios para o jornalismo: presente e futuro.