Linguística Histórica - 1. semestre

Objectivos

No final da disciplina os alunos devem: 1) compreender a especificidade do objecto da Linguística Histórica e sua importância no âmbito da Linguística; 2) dominar conceitos básicos e fundamentais de Linguística Geral e Linguística Histórica; 3) conhecer, em termos gerais, diferentes perspectivas analíticas na área dos estudos linguísticos diacronísticos e desenvolver capacidade de reflexão crítica perante as mesmas; 4) compreender a relação entre diferentes factores (internos e externos) de mudança linguística; 5) compreender o processo de difusão das mudanças linguísticas à luz do estado actual do conhecimento; 6) conhecer aspectos diacrónicos de diversas línguas, em especial do português europeu, e ser capaz de os descrever e caracterizar; 7) saber aplicar os conhecimentos adquiridos a diferentes áreas da Linguística e das Ciências Sociais e Humanas.

Caracterização geral

Código

711131025

Créditos

6

Professor responsável

António H. F. P. A. Emiliano

Horas

Semanais - 4

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português com apoio tutorial em LE,

Pré-requisitos

A disciplina não tem precedências. No entanto, a sua frequência requer 1) frequência prévia de disciplinas introdutórias de Linguística, incluindo Fonética, Fonologia e Morfologia e 2) domínio excelente (oral e escrito) do português europeu padrão, bom domínio passivo de inglês e domínio passivo sofrível de francês e castelhano.

Bibliografia

BLEVINS, J. (2004): Evolutionary Phonology: The Emergence of Sound Patterns, Cambridge: C. U. Press;
CAMPBELL, L. (2004): Historical linguistics: An introduction, Edinburgh: E. U. Press, 2nd rev. ed.; COSERIU, E.
(1978). Sincronía, diacronía e historia: El Problema del Cambio Lingüístico, Madrid: Gredos, 3.ª ed.;
HALE, M. (2007): Historical Linguistics: Theory and Method, Oxford: Blackwell;
HOCK & JOSEPH (2009): Language History, Language Change and Language Relationship, Berlin: Mouton de
Gruyter, 2nd ed.;
JANDA & JOSEPH Eds. (2003): The Handbook of Historical Linguistics, Oxford: Blackwell; McMAHON, A.
(1994): Understanding Language Change, Cambridge: C. U. Press;
TRASK, R. L. (2007): Historical Linguistics, London: Hodder Education, 2nd rev. ed.;
TRASK, R. L. (2010): Why Do Languages Change? Cambridge: C. U. Press, rev. posth. ed.

Método de ensino

Apoio bibliográfico: sumários, documentos de apoio, slides usados nas aulas, hiperligações diversas, textos de apoio, fórum de dúvidas disponíveis no MOODLE da FCSH.
Acompanhamento: aulas de dúvidas, recapitulação ou exercícios, reuniões de atendimento, respostas a
dúvidas dos alunos por email, emessaging ou vídeoconferência.
Avaliação:
1 prova final com resposta a 4 perguntas escolhidas dum conjunto de ca. 20; trabalho opcional de
recensão crítica, 25% ou 30% da nota final; pequenos trabalhos opcionais (1 ou 2 págs. impressas) sobre tópico abordado nas aulas, 5% ou 10% da nota final; intervenção planificada opcional de 1520
minutos, 10% ou 15% da nota final; a ponderação destes elementos depende da classificação obtida (i.e. menos de 15 valores ou 15 ou mais valores).

Método de avaliação

Avaliação:
1 prova final com resposta a 4 perguntas escolhidas dum conjunto de ca. 20; trabalho opcional de
recensão crítica, 25% ou 30% da nota final; pequenos trabalhos opcionais (1 ou 2 págs. impressas) sobre tópico abordado nas aulas, 5% ou 10% da nota final; intervenção planificada opcional de 1520
minutos, 10% ou 15% da nota final; a ponderação destes elementos depende da classificação obtida (i.e. menos de 15 valores ou 15 ou mais valores).
Todos os elementos de avaliação serão apresentados pelos alunos numa norma culta da língua portuguesa.

Conteúdo

1. Considerações gerais e introdutórias sobre o estudo da mudança linguística: Linguística Histórica e História da Língua; sincronia, diacronia e história; o problema da mudança linguística.
2. Os dados da Linguística Histórica: o estudo de fontes primárias antigas; trabalho filológico e ‘corpora’
textuais digitais; atestação e reconstrução.
3. Evolução linguística e mudança linguística: Glossogenética vs. Linguística Histórica; o problema da origem da linguagem; linguagem e evolução.
4. Método comparativo e reconstrução linguística: panorâmica geral da evolução da Linguística Comparada desde a 1.ª metade do séc. XIX.
5. Explicação em Linguística Histórica — o mecanismo da mudança linguística: factores e causas de mudança linguística; mudança linguística e variação sincrónica; implementação e difusão das mudanças.
6. Mudanças linguísticas particulares: apresentação e análise de fenómenos fonológicos, morfológicos,
morfossintácticos e lexicais.

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: