Música e Informática - 2. semestre

Objectivos

a) Conhecer os principais meios tecnológicos (organológicos e não organológicos) desenvolvidos durante o século XX que desencadearam ou influenciaram aspectos relativos à informática musical na sua multiplicidade.
b) Desenvolver uma atitude de reflexão crítica sobre as principais problemáticas relacionadas com a música gerada por meios electroacústicos e informáticos: a sua génese, evolução, estética e principais correntes.
c) Conhecer a teoria básica dos principais processos de síntese sonora assim como outros tipos de processamento básico associado.
d) Adquirir noções básicas da multi-dimensionalidade de relações entre som e imagem assim como a problemática da representabilidade do fenómeno sonoro e da música.
e) Conhecer ferramentas para a escrita musical e edição de partituras.

Caracterização geral

Código

711021059

Créditos

6

Professor responsável

Rui Pereira Jorge

Horas

Semanais - 4

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português sem apoio tutorial em LE

Pré-requisitos

N/A

Bibliografia

MANNING, Peter. (2004) Electronic and Computer Music, Oxford ; New York : Oxford University Press.
KETTLEWELL, Ben. (2001) Electronic Music Pioneers, Vallejo, CA.
DODGE, Charles & JERSE, Thomas. (1997) Computer Music: Synthesis, Composition and Performance, New York : Schirmer Books, 2ª ed.
ROADS, Curtis. (1996) The Computer Music Tutorial, Cambridge, Mass. : MIT Press.
BREGMAN, Albert S. (1990) Auditory Scene Analysis, MIT Press.
McADAMS, Stephen, BIGAND, Emmanuel. (1994) Penser les sons, psychologie cognitive de l’audition, Paris, PUF.
PATTESON, Thomas (2016) —Instruments for New Music: Sound, Technology, and Modernism, Oakland, University of California Press


Método de ensino

50 % aulas práticas, 50% de aulas teóricas. As aulas teóricas combinarão exposição teórica, observação e discussão de exemplos, técnicas e conceitos, assim como pela audição comentadas de obras musicais. As aulas práticas compreenderão a prática de edição de partituras e de realização de partituras de escuta.
Ensino presencial

Método de avaliação

Realização de três exercícios práticos de programação (60%), e uma frequência escrita (40%).

Conteúdo

1. Estudo das principais correntes de pensamento musical desenvolvidas em consequência do uso da tecnologia na criação e performance musical.
2. Adquirir noções básicas de síntese sonora e conhecer as suas principais técnicas.
3. Estudar e discutir obras de música electroacústica compostas a partir do final da década de quarenta do séc. XX.
4. Estudar e compreender problemáticas ligadas à recepção deste tipo de obras assim como a sua representabilidade.
5. Estudar relações entre som e imagem assim como algumas potencialidades expressivas da música gerada por meios electrónicos e informáticos na intersecção com as artes visuais e performativas.
6. Estudar as problemáticas da edição de partitura a partir de manuscrito.
7. Familiarizar-se com ferramentas básicas para processamento digital de som, assim como de produção de partituras gráficas e de edição de partituras.

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: