Análise e Teoria Musical - de 1300 a 1600 - 2. semestre

Objectivos

a) Compreender os fundamentos teóricos e sistémicos que estruturam o pensamento e a prática musicais do Renascimento;
b) Conhecer e reconhecer as principais técnicas de composição desta época;
c) Conhecer e reconhecer as principais formas, géneros e estilos do repertório desta época e enquadrá-los nos seus contextos históricos e funcionais;
d) Identificar os diferentes componentes musicais que constituem as obras do repertório renascentista e compreender como interagem entre si para formar um todo coerente segundo um determinado propósito funcional e estético;
e) Dominar as várias ferramentas de análise do repertório renascentista;
f) Desenvolver a capacidade de sintetizar as conclusões da análise de uma obra musical desta época de forma concisa e eficaz, distinguindo os dados importantes dos acessórios.

Caracterização geral

Código

711021073

Créditos

6

Professor responsável

Docente a definir

Horas

Semanais - 4

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

Não aplicável

Bibliografia

ATLAS, Allan (ed.), Anthology of renaissance music, New York, Norton, 1998
ATLAS, Allan, Renaissance music, New York, Norton, 1998
GAULDIN, Robert, A practical approach to sixteenth-century counterpoint, Prospect Heights, Waveland Press, 1995
HOPPIN, Richard, Medieval Music, New York, Norton, 1978
MORAIS, Manuel, «O tactus ou compasso» in Vilancetes, Cantigas e Romances do século XVI, Portugaliae Musica XLVII, Lisboa, Fundação Calouste Gulbenkian, 1986, pp. xxviii-xxxvii
POWERS, Harold, «Mode» in The New Grove dictionary of music and musicians, ed. Stanley Sadie, 2nd ed., 29 vols., London, Macmillan, 2000
REESE, Gustave, Music in the Renaissance. New York, Edward J. Dent, 1954
TARUSKIN, Richard, Music from the earliest notations to the sixteenth century, Oxford History of Western Music, vol. I, Oxford University Press, 2010

Método de ensino

As aulas terão uma componente teórica (40%) e uma componente prática (60%). A primeira consistirá na exposição dos fundamentos teóricos, conceptuais e históricos essenciais para a compreensão do repertório a analisar. A segunda consistirá na análise de obras musicais do repertório renascentista a partir de partituras e de audição de trechos.

Método de avaliação

Duas provas escritas, cuja média aritmética corresponderá a 90% da classificação final. Os restantes 10% incidirão sobre a avaliação contínua, nomeadamente participação, assiduidade e postura em aula.

Conteúdo

1) Fundamentos teóricos: modos e tons, sistema de hexacordes, tactus e mensuração
2) Técnicas de composição: contraponto, imitação, texturas, cláusulas, figuração
3) Funções e contexto: formas, géneros, relação texto-música
4) Análise de repertório: Polifonia francesa tardo-medieval, Escola borgonhesa, Escola franco-flamenga, Escola romana

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: