Expressão e Argumentação - 1. semestre

Objectivos

a) Avaliar e sintetizar os conhecimentos adquiridos no ensino secundário e que são pertinentes para a disciplina, e orientá-los para o contexto universitário.
b) Desenvolver as capacidades críticas do aluno, orientando-o para leituras específicas e incentivando-o a discuti-las mediante a apresentação de argumentos e de contra-argumentos.
c) Ajudar o aluno a organizar o seu pensamento e a adquirir métodos de estudo adequados.
c) Desenvolver as competências de comunicação e expressão, tanto oral como escrita.

Caracterização geral

Código

711091143

Créditos

6

Professor responsável

Luiz Fagundes Duarte

Horas

Semanais - 4

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

Não tem.

Bibliografia

Saussure, Ferdinand de (1916). Curso de Linguística Geral. Lisboa: Publicações Dom Quixote.
Cunha, Celso; Cintra, Lindley (1986). Nova Gramática do Português Contemporâneo. Lisboa: João Sá da Costa.
VV. AA. (1987). Oral/Escrito. Argumentação. Enciclopédia Einaudi, 11. Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda.
Castro, Ivo (2001). História da Língua Portuguesa. Lisboa: Instituto Camões (www.instituto-camoes.pt/cvc/hlp/index.html )

Método de ensino

As aulas serão de cariz teórico-prático, sendo todos os conceitos e técnicas referidos a exemplos concretos, com recurso à leitura e comentário de textos e à criação de situações que permitam o exercício do debate, da argumentação e da expressão das ideias.

Método de avaliação

A avaliação será feita com base em uma recensão crítica a um texto literário, científico ou jornalístico, num ensaio, com cerca de 10 páginas, sobre um tema polémico da vida real, e na participação nas aulas, sendo o peso de cada um destes elementos distribuído, respectivamente, da seguinte maneira: 30% - 50% - 20%.

Conteúdo

a) Noções básicas de linguística geral, com especial ênfase nos conceitos de língua e fala, escrita e oralidade, signo linguístico, funções da linguagem, linguística sincrónica e diacrónica.
b) Noções básicas da história da Língua Portuguesa.
c) As técnicas de argumentação, desde a Antiguidade. Demonstração e argumentação. As categorias aristotélicas da argumentação (ethos, pathos, logos). A dialéctica clássica e a sua evolução ao longo dos tempos.
d) Texto literário, texto científico e texto jornalístico. As suas diferenças no que diz respeito aos objectivos, às técnicas de argumentação e persuasão, à utilização das fontes e à relação com o leitor.
e) Técnicas de expressão escrita e oral, condicionadas pelos objectivos pretendidos pelo autor ou pelo orador.
f) Organização interna de um texto argumentativo. O ensaio.
f) Produção de um pequeno ensaio sobre um tema de actualidade, utilizando argumentos próprios mas considerando eventuais argumentos diferentes.

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: