Temas de Lógica - 2. semestre

Objectivos

a) Análise de tópicos situados no âmbito da lógica informal (informal logic) e da teoria da argumentação.
b) Integração desses tópicos na sua relação própria com a lógica em sentido estrito e com outras áreas do saber filosófico.
c) Desenvolvimento da capacidade crítica através da abordagem das questões centrais na área de estudo da disciplina.


Caracterização geral

Código

711031081

Créditos

6

Professor responsável

João Sàágua, Pedro Rui Abreu

Horas

Semanais - 4

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português sem apoio tutorial em LE

Pré-requisitos

Não aplicável

Bibliografia

avidson, Donald. 1967. “Truth and Meaning.” In Inquiries into Truth and Interpretation. Oxford: Clarendon Press, 1984.
Davidson, Donald. 1973. “Radical Interpretation.” In Inquiries into Truth and Interpretation. Oxford: Clarendon Press, 1984.
Grice, Paul. 1957. “Utterer´s Meaning and Intentions”. In Studies in the Way of Words. Cambridge, Mass.: Harvard University Press, 1989.
Grice, Paul. 1969. “Meaning.” In Studies in the Way of Words. Cambridge, Mass.: Harvard University Press, 1989.
Grice, Paul. 1975. “Logic and Conversation”. In Studies in the Way of Words. Cambridge, Mass.: Harvard University Press, 1989.
Lewis, D. 1969. Convention: A Philosophical Study. ed. Oxford: Blackwell.
Kripke, S. A. 1972. Naming and Necessity. ed. Harvard University Press, 1980.
Putnam, Hilary. 1975. “The Meaning of ‘Meaning.’” In Philosophical Papers, Vol. 2: Mind, Language and Reality. Cambridge University Press, 1979.


Método de ensino

De acordo com o especificado no programa, este curso, de natureza teórico prática, está dividido em 3 blocos. Em cada bloco, parte-se da leitura e análise de um conjunto de textos fundamentais para chegar à delimitação dos problemas filosóficos relevantes, e à compreensão e discussão das visões e respostas propostas pelos autores estudados. Cada bloco terminará com a apresentação e discussão de trabalhos dos alunos sobre as matérias em questão.
Os textos serão fornecidos e estudados na sua língua original, o inglês.
Para cada bloco, e incidindo sobre os tópicos aí discutidos, o aluno deve produzir um curto ensaio (5-10 páginas). Pelo menos um desses textos será apresentado e discutido em aula.


Método de avaliação

A nota final será composta do seguinte modo:
- Trabalho escrito 1: 25%.
- Trabalho escrito 2: 25%.
- Trabalho escrito 3: 25%.
- Participação em aula, incluindo a apresentação e discussão de pelo menos um dos trabalhos: 25%.
Ensino presencial.

Conteúdo

O curso foca um conjunto de problemas e discussões localizados na intersecção entre a lógica e o estudo filosófico da linguagem.
Em cada um de 3 blocos, partindo da leitura atenta de vários textos seminais, considera-se a contribuição específica de autores de especial relevância na tradição analítica:
1. Donald Davidson
1.1. Semântica das condições de verdade — Davidson 1967;
1.2. Verdade e racionalidade na fundação do significado— Davidson 1973;
2. Paul Grice
2.1. Semântica versus pragmática — Grice 1975;
2.2. Intenções comunicativas na fundação do significado — Grice 1957 e 1969;
3. David Lewis, Hilary Putnam and Saul Kripke
3.1. Significados convencionais — Lewis 1969;
3.2. Convenção versus norma numa comunidade; externalismo semântico — Putnam 1975, Kripke 1972;
Duas questões principais guiam a investigação e discussão através dos vários blocos:
A. Qual a forma lógica das nossas expressões linguísticas?
B. Qual a substrutura lógica das nossas práticas linguísticas?

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: