Serviços e Território - 1. e 2. semestre

Objectivos

a) Reconhecer a importância dos serviços nas sociedades modernas;
b) Compreender as características e o papel dos serviços em sociedades com diferentes níveis de desenvolvimento;
c) Discutir as teorias e os modelos de localização das atividades comerciais e de serviços;
d) Reconhecer estratégias de articulação entre os serviços e outras atividades económicas;
e) Analisar a importância da inovação organizacional e tecnológica nos serviços;
f) Desenvolver um raciocínio crítico sobre a sociedade servindustrial;
g) Discutir a noção de serviços públicos, sua evolução e modos de organização;
h) Analisar a evolução dos serviços em Portugal;
i) Desenvolver relatórios técnicos sobre as atividades de serviços numa perspectiva geográfica;
j) Aplicar os conhecimentos adquiridos, designadamente em estudos de programação e de localização de equipamentos de serviços.



Caracterização geral

Código

711041074

Créditos

6

Professor responsável

José Afonso Teixeira

Horas

Semanais - 4

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

Não aplicável.

Bibliografia

Barata, A., Carmo, R. M. (2014). Estado Social. De todos para todos, Lisboa: Tinta-da-China.
Bryson, J., Daniels, P., Warf, B. (2004). Service Worlds. London e NY: Routledge, 286p.
Ferrão, J. (1992). Serviços e Inovação. Novos Caminhos para o Desenvolvimento Regional. Oeiras: Celta Editora, pp. 1-17.
Gallouj, F., Rubalcaba, L., Windrum, P. (2013). Public-Private Innovation Networks in Services. Cheltenham e Northampton: Edward Elgar.
Gallouj, F., Djellal, F. (2011). The Handbook of Innovation and Services. A Multi-disciplinary Perspective, Cheltenham e Northampton: Edward Elgar.
Merenne-Schoumaker, B. (2003). Géographie des services et des commerces. Rennes : Presses Univers. de Rennes, pp. 1-216.
Rubalcaba, L. (2007). The New Service Economy. Cheltenham e Northampton: Edward Elgar, pp. 3-166.
Faïz Gallouj, Matthias Weber, Metka Stare, Luis Rubalcaba (2015). The futures of the service economy in Europe: a foresight analysis. Technological Forecasting and Social Change, Elsevier.



Método de ensino

Método de ensino
Aulas expositivas e participadas. Discussão a partir de um conjunto de textos selecionados. Debates sobre temas do programa. Desenvolvimento, apresentação e discussão de trabalhos práticos.

Método de avaliação

Método de avaliação
1) Teste escrito presencial versando a totalidade da matéria leccionada [35%].
2) Trabalho de investigação apoiado em trabalho de campo, bibliografia e/ou informação documental diversa resultantes de pesquisa autónoma. O trabalho é desenvolvido em grupos até 3 pessoas (podendo ser individual) [40%].
3) Pequeno ensaio individual sobre um tema do programa [20%].
4) Assiduidade e participação [5%].

(Segundo Normas de Avaliação da FCSH a proposta de elementos de avaliação a apresentar aos alunos na 1ª aula pode sofrer ajustamentos, designadamente na % de cada elemento).


Conteúdo

1) Da lógica sectorial à visão integradora: um quadro analítico inovador para os serviços
2) Os serviços no Mundo: uma nova geografia dos serviços
3) A localização do comércio e dos serviços a diferentes escalas: da teoria à prática
4) Os serviços de apoio à produção: desenvolvimento, organização e localização
5) Serviços e globalização: Competitividade, offshoring e “cidades globais”
6) O setor público dos Serviços: importância, reforma, inovação e localização
7) A geografia dos serviços em Portugal: caracterização geral.
8) A geografia dos serviços em Portugal: reforma administrativa e reestruturação dos serviços públicos.
9) Programação e localização de equipamentos coletivos (exercícios).

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: