História Moderna (Séculos XVII-XVIII) - 2. semestre

Objectivos

a)Identificar os principais processos políticos, económicos, sociais e culturais que se desenvolveram na Europa dos séculos XVII e XVIII.
b)Conhecer as principais interpretações historiográficas dos temas estudados.
c)Conhecer a bibliografia fundamental sobre o tema e ser capaz de trabalhar com documentos históricos do mesmo.
d)Adquirir conhecimentos que habilitem o aluno a um prosseguimento aprofundado de estudos sobre a época moderna.




Caracterização geral

Código

711051060

Créditos

6

Professor responsável

Pedro Almeida Cardim

Horas

Semanais - 4

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

Não se aplica

Bibliografia

BLANNING, T. C. W., The Culture of Power and the Power of Culture. Old Regime Europe 1660-1789, Oxford, Oxford University Press, 2002.
CHECA, Fernando & José Miguel Morán, El Barroco. El arte y los sistema visuales, Madrid, Istmo, 1989.
COSANDEY, Fanny & Isabelle Poutrin, Monarchies Espagnole et Française, 1550-1714, Paris, Atlande, 2001.
COSTA, Pietro, Civitas. Storia della Cittadinanza in Europa, Bari, Laterza, 1999.
FLORISTÁN IMIZCOZ, Alfredo (org.) Historia Moderna Universal, Barcelona, Ed. Ariel, 2002.

Método de ensino

Aulas de índole teórica.
Aulas práticas:
-exercício de comentário de documentos;
-apresentação e discussão de trabalhos de grupo.

Método de avaliação

Duas provas escritas.

Conteúdo

-A Europa na viragem para o século XVII. As condições demográficas, a organização social, as estruturas políticas e a dinâmica económica.
-A Monarquia Hispânica: uma monarquia compósita. Política católica, hegemonia e reputação (1598-1640).
-A ascensão da França, da Inglaterra e das Províncias Unidas. Da Trégua dos doze anos ao Tratado de Vestefália (1648).
-As várias tradições do saber durante o período de Seiscentos. A construção do paradigma científico (1600-1700).
-A transformação das concepções políticas. O momento republicano inglês: Oliver Cromwell. O significado da Glorious Revolution.
-A preponderância da França. A dinâmica imperial da Monarquia Francesa. O modelo administrativo de Luís XIV.
-A Europa do Tratado de Utrecht e a ascensão da dinastia dos Bourbons na Península Ibérica. O significado da Nueva Planta.
-Rumo a um novo entendimento do homem e da natureza. O Iluminismo e as propostas reformadoras de meados de Setecentos.
-A Áustria sob a imperatriz Maria Teresa. A afirmação da Rússia e da Prússia.
-O colonialismo europeu em meados de Setecentos. Rivalidades na América e na Ásia.
-A crise do sistema político do Antigo Regime. Revoltas e motins na América nos finais do século XVIII.

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: