História Comparada dos Impérios Coloniais

Objectivos

1. Reflectir sobre as diferentes texturas temporais do passado imperial e colonial das sociedades europeias, estabelecendo
a diferença entre memória (da violência, do racismo ou da celebração dos heróis) e análise histórica.
2. Compreender historicamente as formas elementares de um Estado colonial: a articulação entre imposição fiscal e
organização militar; as alianças internacionais e as tácticas de dividir para reinar; os projectos e as missões civilizadoras; a
produção de conhecimento e os circuitos de comunicação.
3. Situar o Estado colonial em relação às dinâmicas de instituições, de grupos de interesse e de indivíduos que com ele
concorreram: organizações eclesiásticas, companhias comerciais, redes de mercadores, elites coloniais e agentes que
mimetizaram as culturas locais.

Caracterização geral

Código

711051143

Créditos

6

Professor responsável

A disponibilizar brevemente

Horas

Semanais - 4

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

Não aplicável

Bibliografia

1. G. V. Scammell, A primeira era imperial. A expansão ultramarina europeia c. 1400-1715 (Lisboa: Publicações Europa-
América, 2000).
2. Charles Boxer, O Império marítimo português 1415-1825 (Lisboa: Edições 70, 2011).
Diogo Ramada Curto e Francisco Bethencourt, dirs., A Expansão marítima portuguesa (Lisboa: Edições 70, 2009).
3. Barrington Moore, Jr., As Origens Sociais da Ditadura e da Democracia: senhores e camponeses na construção do
mundo moderno (Lisboa: Edições 70, 2010).
4. Andrew Porter, Imperialismo europeu, 1860-1914 (Lisboa: Edições 70, 2011).

Método de ensino

Divisão entre aulas teóricas e aulas práticas. Nas primeiras, o docente apresentará o programa, procurando suscitar o
debate em torno dos pontos mais controversos. Nas aulas práticas, o docente guiará os estudantes na interpretação de
uma selecção de fontes e dos principais debates historiográficos. Atendimento tutorial será dedicado ao esclarecimento de
dúvidas e à orientação de trabalhos individuais.

Método de avaliação

A avaliação final será o resultado de três factores com a mesma ponderação: um teste escrito, um trabalho sobre um tema,
um livro ou um documento (5 mil palavras), e participação oral dos estudantes nas aulas práticas

Conteúdo

1. Para uma história dos conceitos de império e de colónias, de imperialismo e de colonialismo.
2. Como construir e interpretar o arquivo colonial?
3. Os impérios marítimos na Ásia: entre orientações comerciais e investimentos militares.
4. Plantações, tráfico de escravos e bases territoriais dos impérios atlânticos.
5. Cidades e portos coloniais numa perspectiva comparada.
6. Processos de transição das sociedades coloniais para Estados nacionais nas Américas.
7. A construção de um império territorial britânico na Índia.
8. A partilha europeia de África.
9. Impérios e descolonizações no século XX.

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: