História da Arte do Renascimento - 1. semestre

Objectivos

1.Conhecimento da história e problemática da arte e arquitectura do Renascimento e do Maneirismo na Europa dos séculos XV e XVI. 2.Cohecimento das principais realizações e modelos da criação artística da norma italiana em confronto com o norte da Europa. 3.Conhecimento e identificação dos aspectos estilísticos e culturais da obra das personalidades mais destacadas e influentes da estética renascentista. 4.Domínio de algumas referências fundamentais da bibliografia, além dos instrumentos críticos indispensáveis ao aprofundamento de qualquer assunto neste vasto campo. 5.Capacidade de escrever um pequeno ensaio sobre estas matérias.

Caracterização geral

Código

711061017

Créditos

6

Professor responsável

Nuno Conde Senos

Horas

Semanais - 4

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

Não aplicável

Bibliografia

1.Argan, Giulio Carlo (1987). Renacimiento y Barroco (Vols. 1-2). Madrid: Akal. 2.Blunt, Anthony (1956). Artistic theory in Italy. 1450-1600. Oxford: Clarendon Press. 3.Chastel, André (1989). L’ art italien. Paris: Flammarion. 4.Cole, Alison (1995). Art of the Italian renaissance courts. Virtue and magnificence. London: George Weldenfeld and Nicholson. 5. Gombrich, Ernst (1972). Symbolic images. Studies in the art of Renaissance II. Oxford: Phaidon Press. 6. Mignot, Claude & Rabreau, Daniel (Org.) (1996). Temps modernes. XV-XVIII siècles. Paris: 1996. 7..Murray,Peter & Murray, Linda (1986). The art of Renaissance. London: Thames and Hudson. 8.Panofsky, Erwin (1993) A perspectiva como forma simbólica.. Lisboa: Edições 70. 9.Panofsky, Erwin (1980). Renascimento e Renascimentos na arte ocidental. Lisboa: Presnça. 10. Toman Rolf (Ed.) (2000). A arte da Renascença italiana. Arquitectura, escultura, pintura. Koeln. Konemann.

Método de ensino

A metodologia de ensino integra-se nos procedimentos da História da Arte, assente na importância das obras e das linguagens inerentes à cultura visual. Abrangendo a história da arquitectura e do urbanismo, a pintura, a escultura e certos aspectos das artes decorativas, obriga a comunicar aos alunos noções metodológicas sobre a abordagem destes objectos. Por isso as aulas são organizadas a partir da sequência de reproduções, apresentadas em power-point, acompanhadas por vezes pelo comentário de textos.

Método de avaliação

A avaliação consta de três elementos: recensão crítica de um livro ou parte de um livro (8pp.), ficha de uma obra de arte (3-5pp.) e um teste de compreensão geral sobre a matéria. A classificação final resulta do somatório (25%+25%+50%) de todos eles.

Conteúdo

1.O conceito de Renascimento, a periodização e a historiografia artística. O Humanismo e a recuperação da cultura antiga. 2.As formulações da arte toscana no século XIV e o significado da obra de Giotto e seus continuadores. 3.A definição da perspectiva linear e a polémica contra o Gótico Internacional em Florença. Brunelleschi, Masaccio e Donatello. 4. A sistematização da nova cultura do “Quattrocento” e os seus centros de criação na Península Itálica. O âmbito da obra de Alberti e Piero della Francesca. 5.A pintura flamenga e a problematização de um Renascimento nórdico. O realismo e o simbolismo das criações de Van Eyck a Hugo van der Goes. 6.O mecenato e as grandes realizações artísticas no tempo de Lourenço de Médicis. O culto da Antiguidade e o Neoplatonismo. 8.O Segundo Renascimento e os programas da Roma pontifícia. Os percursos de Bramante, Rafael, Miguel Ângelo e os Sangallo. 9.Veneza e a pintura tonal no “Cinquecento”.A poética de Giorgione e a internacionalização da obra de Tiziano. Parma e a pintura de Correggio. 10.O Maneirismo na Itália central. Florença e a arte de corte. A Contra-Reforma e as orientações da arte religiosa. 11.O Maneirismo em Veneza: a arte oficial, a encomenda aristocrática e religiosa. Palladio, Veronese e Tintoretto. 12.A diversidade europeia e os desenvolvimentos perante o modelo italiano.

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: