Estratificação e Mobilidade Social - 2. semestre

Objectivos

Objectivos de aprendizagem (conhecimentos, aptidões e competências a desenvolver pelos estudantes):
1. Conhecimento e compreensão das principais perspectivas conceptuais sobre a estrutura das desigualdades sociais;
2. Capacidade para traduzir essas perspectivas em instrumentos empíricos de análise da estrutura social;
3. Conhecimento e compreensão das tendências da evolução da estrutura social nas sociedades contemporâneas;
4. Conhecimento e capacidade de utilização dos métodos de análise da mobilidade social e da sua evolução
5. Competência para planear trabalho empírico sobre questões de estratificação e mobilidade social, em
contextos de investigação fundamental ou de apoio ao planeamento e à definição de políticas;
6. Capacidade de exposição e comunicação significativa e rigorosa do conhecimento sociológico e dos resultados da análise e da problematização elaboradas.

Caracterização geral

Código

711081009

Créditos

6

Professor responsável

Ana Paula Gil, João Pedro Nunes

Horas

Semanais - 4

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português sem apoio tutorial em LE

Pré-requisitos

Os alunos devem ter completado 48 unidades de crédito ECTS.

Bibliografia

Costa, A.F. (2012). \"Desigualdades globais\". Sociologia, Problemas e Práticas (68), pp. 9-32.
Costa, A.F. et al. (2000). \"Classes sociais na Europa\". Sociologia, Problemas e Práticas (34), pp. 9-43.
Crompton, R. (1998). Class and Stratification: an introduction to current debates, London, Polity (2nd edition)
Estanque, E., & Mendes, J.M (1998). Classes e desigualdades sociais em Portugal. Porto: Afrontamento.
Goldthorpe, J.H. (1987). Social struture and social mobility in modern Britain. Oxford: Clarendon.
Hammett, C. (1989). Restructuring Britain: The changing social structure. London: Sage.

Ishida, I. (1995). Social mobility in contemporary Japan. Stanford: Stanford University Press.

Método de ensino

Aulas teóricas (50%). 
Aulas práticas (50%): apresentação pelos alunos e discussão em aula de textos com exemplos de análise empírica de estratificação e da mobilidade social, e de exercícios de aplicação de grelhas de classificação a conjuntos de dados para análise empírica da estratificação e da mobilidade social.
Ensino presencial.

Método de avaliação

Apresentação oral sobre um texto em aula (15%).
Um trabalho escrito a apresentar no fim do semestre (25%).
Um teste escrito presencial no fim do semestre sobre a totalidade da matéria teórica (60%)Indicar ponderações para cada um dos elementos de avaliação

Conteúdo

1. Primeiras aproximações teóricas à estrutura social: K. Marx, M. Weber e J. Shumpeter
2. Perspectivas funcionalistas: T. Parsons, K. Davies e W. Moore
3. Operacionalizações para a apreensão empírica da estrutura social: E. O. Wright, P. Bourdieu, J. Goldthorpe, J. Ferreira de Almeida
4. Linhas de força da evolução da estrutura social
5. Grelhas de classificação de classes e sua aplicação
6. Mobilidade social: noções de base
7. A análise empírica da mobilidade: através da tabela de mobilidade intergeracional ou segundo os factores dos itinerários individuais
8. A evolução da mobilidade nas nossas sociedades e seus factores estruturais
9. Mobilidade estrutural e mobilidade líquida

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: