Sociologia da Vida Quotidiana - 2. semestre

Objectivos

1. Conhecimento e compreensão dos conceitos e das perspectivas teóricas de uma abordagem sociológica do quotidiano;
2. Conhecimento e compreensão dos métodos que permitem encetar a abordagem empírica do quotidiano, operacionalizando as anteriores propostas teóricas;
3. Capacidade de análise e interpretação de processos e rotinas da vida social quotidiana;
4. Capacidade de comunicar o conhecimento sociológico sobre o tema, de modo rigoroso e significativo.

Caracterização geral

Código

711081037

Créditos

6

Professor responsável

Ana Paula Gil, Maria do Rosário Jorge, Nuno Dias

Horas

Semanais - 4

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português com apoio tutorial em LE

Pré-requisitos

n/a

Bibliografia


Blumer, Herbert. 1982. “La posición metodológica del interacionismo simbólico.” El Interacionismo Simbólico: Perspectiva y Método, Barcelona: Hora, S. A.
Certeau, Michel de (1984) The Practice of Everyday Life. Berkeley: University of California Press.
Garfinkel, Harold. 1967. Studies in Ethnomethodology. Englewood Cliffs: Prentice-Hall.
Goffman, E. (1993[1959]), A apresentação do eu na vida de todos os dias, Lisboa, Relógio d’Água.
Lefebvre, Henri (1947/1991) Critique of everyday life. London: Verso.
Mead, George Herbert. 1934. Mind Self and Society from the Standpoint of a Social Behaviorist. Chicago, University of Chicago.
Pais, J.M. (2002). Sociologia da vida quotidiana. Teorias, métodos e estudos de caso. Lisboa: Imprensa de Ciências Sociais.
Scott, S. (2009). Making sense of everyday life. Cambridge, Polity Press.

Método de ensino

O ensino processa-se em aulas teóricas e práticas. Nas aulas teóricas o docente apresenta os fundamentos e as perspectivas teóricas de uma abordagem do quotidiano. Tendo em conta os quadros conceptuais adquiridos, pretende-se nas aulas práticas analisar estudos de caso, fomentar o debate e apoiar os alunos no desenvolvimento dos trabalhos de grupo.
Ensino presencial

Método de avaliação

A avaliação desdobra-se em duas componentes:
a) Prova escrita (50%)
b) Trabalho de grupo (50%).

Conteúdo

1. De que falamos quando falamos de quotidiano? Notas introdutórias

2. Sociologia da Vida Quotidiana: um Estado da Arte
G. Simmel: O Nível Social e o Nível Individual.
G. Mead: Espírito, Pessoa e Sociedade.
H. Blumer: A Posição Metodológica do Interaccionismo Simbólico.
E. Goffman: Ritualização, Teatralização e o Modelo Dramatúrgico, Estigma e Identidade Social; A Vida Íntima de uma Instituição Pública.
A. Schütz: A Fenomenologia,
H. Garfinkel: Etnometodologia
P. Berger e T. Luckman: C
M. De Certeau: Estratégia e Táctica na Organização e Práticas da Vida Quotidiana
H. Lefebvre: a crítica do quotidiano

3. Temas de pesquisa em Sociologia da Vida Quotidiana
Género
Trabalho e lazer
Consumo
Experiência urbana

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: