Métodos e Técnicas de Investigação Compreensiva - 2. semestre

Objectivos

1. Compreensão das diferenças entre abordagens explicativas e compreensivas, assim como das suas articulações e sobreposições; 2. Conhecimento dos principais métodos de recolha de informação qualitativa; 3. Capacidade de selecionar métodos e técnicas de investigação qualitativa pertinentes para diferentes situações de investigação; 4. Capacidade de planear a aplicação de técnicas de investigação qualitativa a situações elementares investigação; 5. Capacidade de executar operações de investigação qualitativa sob supervisão; 6. Conhecimento e compreensão das técnicas de análise qualitativa de conteúdo e das suas condições de aplicação; 7. Capacidade de comunicar de modo rigoroso e significativo os procedimentos e os resultados de uma investigação qualitativa.

Caracterização geral

Código

711081056

Créditos

6

Professor responsável

César Augusto Lima Morais, Luís Miguel Chaves, Sílvia Maria de Almeida

Horas

Semanais - 4

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português com apoio tutorial em LE

Pré-requisitos

Não existem pré-requisitos para frequentar a cadeira.

Bibliografia

Bardin, L. (1995). Análise de conteúdo. Edições 70. Burgess, R. (1997). A pesquisa de terreno. Celta. Ghiglione, R., & Matalon, B. (1992). O inquérito. Teoria e prática. Celta. Guerra, I. C. (2006). Pesquisa qualitativa e análise de conteúdo: sentidos e formas de uso. Principia. Maroy, C. (1997). A análise qualitativa de entrevistas. In L. Albarello et al., Práticas e métodos de investigação em ciências sociais (pp. 117-155). Gradiva. Marvasti, A. (2004). Qualitative research in sociology: an introduction. Sage. Ruquoy, D. (1997). Situação de entrevista e estratégia do entrevistador. In In L. Albarello et al., Práticas e métodos de investigação em ciências sociais (pp.84-116). Gradiva.

Método de ensino

As metodologias de incluem aulas teóricas (40%) e práticas (60%), envolvendo ainda atendimentos presenciais individuais e o esclarecimento de dúvidas por e-mail e através da plataforma moodle. As sessões teóricas visam a transmissão dos conteúdos programáticos supra-indicados, sendo abertas à participação crítica dos alunos. As aulas práticas visam lançar e dar apoio ao desenrolar de dois trabalhos práticos. O primeiro desses exercícios visa promover o contacto com o método da pesquisa de terreno; o segundo com as diversas técnicas envolvidas na realização e análise de entrevistas em profundidade. Os dois últimos elementos de avaliação são realizados em grupo.

Método de avaliação

Avaliação: Trabalho prático, realizado em grupo, centrado na pesquisa de terreno - 30% Trabalho prático, realizado em grupo, utilizando as técnicas envolvidas na realização e análise de entrevistas semiestruturadas - 30% Teste escrito presencial sobre a totalidade da matéria lecionada nas aulas expositivas - 40%

Conteúdo

1. Relação entre abordagem compreensiva e metodologias qualitativas 2. A pesquisa de terreno como estratégia metodológica: especificidades e história 2.1. Planeamento da pesquisa de terreno
2.2. A questão de partida, a seleção da “amostra” e o problema de “ganhar acesso” ao terreno de pesquisa 2.3. Técnicas de recolha da informação: observação direta; entrevistas informais e recolha documental 2.4 Técnicas de registo: o “diário de campo” e outros suportes 2.5 Análise dos dados e escrita da monografia 3 A metodologia de entrevista: os diferentes tipos de entrevistas em sociologia 3.1 Tipos de entrevista, segundo os objetivos do estudo e o “grau de liberdade\" concedido ao entrevistado 3.2 Seleção dos temas a abordar e construção do guião 3.4 Problemas, opções e estratégias de aplicação 3.5. Análise de conteúdo: definição e pertinência 3.6. Tipologia de análises de conteúdo 3.7. Análise temática: o corpus; codificação do corpus e operações gerais de classificação e análise

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: