Sociologia das Migrações

Objectivos

O objectivo principal desta cadeira consiste em fornecer aos alunos de licenciatura uma formação de base que permita problematizar as questões relacionadas com as migrações internacionais no contexto da globalização, a partir de uma perspectiva sociológica.
Os objectivos de aprendizagem são:
1. Conhecimento sobre as questões relacionadas com as migrações internacionais no contexto da globalização e capacidade de as problematizar
2. Capacidade de intervir de modo crítico e informado em matérias relacionadas com migrações
3. Capacidade de comunicar de modo rigoroso e significativo os conhecimentos adquiridos no âmbito da disciplina.

Caracterização geral

Código

711081066

Créditos

6

Professor responsável

A disponibilizar brevemente

Horas

Semanais - 4

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português com apoio tutorial em LE

Pré-requisitos

Ter concluído um mínimo de 48 créditos ECTS

Bibliografia

Castles, S. Globalização, transnacionalismo e novos fluxos migratórios. Lisboa: Fim de Século, 2005.
Castles, S. & Miller, M.. The age of migration: International population movements in the modern world. New York: The Guilford Press, 2009 (4ª ed.).
Marques, M.M. (org.). Estado-nação e migrações internacionais. Lisboa: Livros Horizonte, 2010.
Marques, M. Margarida (dir.), Lisboa Multicultural, Lisboa: Fim de Século, 2014
Portes, A.. Migrações internacionais: Origens, tipos e modos de incorporação. Oeiras: Celta, 1999.
Portes, A.. Estudos sobre as migrações contemporâneas: Transnacionalismo, empreendedorismo e segundas gerações. Lisboa: Fim de Século, 2006.
Manuel Carlos Silva e José Manuel Sobral (orgs.), Etnicidade, Nacionalismo e Racismo. Migrações, Minorias Étnicas e Contextos Escolares, Porto: Afrontamento, 2013.

Método de ensino

As aulas dividem-se em sessões de exposição teórica e sessões práticas. Estas últimas consistirão em: (i) discussão de textos de pesquisa empírica; (ii) apresentação e discussão pelos alunos dos seus trabalhos de recolha bibliográfica e problematização sobre temas relevantes.
Ensino presencial.

Método de avaliação

A avaliação da participação do aluno nas aulas será contínua, sendo tida em consideração a relevância das intervenções e o contributo para a qualidade da discussão (15% da nota final); será também considerada a apresentação em aula de um ensaio de problematização e pesquisa bibliográfica sobre um tema relevante para investigação (15%); o ensaio escrito da problematização desenvolvida e apoiada em pesquisa bibliográfica valerá 20% da classificação; haverá ainda um teste escrito presencial (50%).

Conteúdo

A. CONCEITOS E TEORIAS DE BASE
1. A evolução da população migrante nos últimos decénios: exploração de algumas tendências.
2. As migrações internacionais ao longo da História
3. As teorias das migrações
B. MIGRAÇÕES, ACÇÃO PÚBLICA E PARTICIPAÇÃO
4. Migrações e controle de fronteiras
5. Contextos de recepção e modos de incorporação
6. Estruturas de oportunidades e participação social
C. ABORDAGENS TEMÁTICAS
7. As ‘segundas gerações’ e a escola
8. Modos de incorporação económica
9. Migrações e transnacionalismo
10. Migrações e desenvolvimento

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: