História da Imagem

Objectivos

Esta disciplina tem como objectivos:
a) Promover o conhecimento de marcos importantes na História da Imagem;
b) Perspectivar, histórica e culturalmente, os marcos decisivos na história da Imagem ocidental, nomeadamente a invenção da perspectiva na pintura, da fotografia, do cinema e do video;
c) Desenvolver a literacia visual, no sentido da formação de um pensamento crítico sobre as imagens;
d) Desenvolver a capacidade de análise genealógica e arqueológica das imagens, a partir de diferentes metodologias.

Caracterização geral

Código

711011022

Créditos

6

Professor responsável

A disponibilizar brevemente

Horas

Semanais - 4

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

Não aplicável.

Bibliografia

WARNER, Marina (2006) Phantasmagoria. Oxford/New York: Oxford University Press.
GRAU, Oliver (2003) Virtual Art, From Illusion to Immersion. Cambridge, Massachussets, The MIT Press.
BATCHEN, Geoffrey, Burning with desire: the conception of photography, London/Massachussets, The MIT Press, 1997.
CLARKE, Graham (1997) The Photograph. Oxford, Oxford University Press.
KRACAUER, Sigfried (1936), The Mass Ornament and Other Weimar Essays. Cambridge, Massachussts, London: Harvard University Press, 1995.

Método de ensino

Exposição aberta, comentário, intercalada com a apresentação de imagens e documentários de curta duração.

Método de avaliação

Assiduidade às aulas;
Trabalho escrito (relatório), sobre tema proposto e discutido com o professor, com um máximo de 8000 caracteres;
Prova escrita presencial (frequência), sob a forma de dissertação sobre um tema do programa.

Conteúdo

O programa de História da Imagem visa desenvolver a compreensão visual e a familiaridade com a complexidade dos géneros e funções sociais da imagem ao longo da história. Assim, a disciplina familiarizará os alunos, em primeiro lugar, com os momentos cruciais da história da representação ocidental, desde as grutas de Altamira, passando pela a invenção da perspectiva, da fotografia, do cinema e do video. Em segundo lugar incidirá sobre formas de compreensão arqueológica das imagens, nas sua relação com outros discursos que as cercam e com diferentes metodologias de análise.
O enfoque principal será dado à análise de imagens, dando especial relevo ao aparecimento da imagem técnica e ao seu impacto na cultura moderna e contemporânea. Assim, como conteúdos fundamentais, sublinham-se:
1.O conceito de imagem e sua problematização
2.Imagem e cultura: o conceito de iconoclasma e sua perspectivação histórica
3.A imagem como semelhança: a perspectiva na pintura Renascentista.
4.Imagem e projecção: os auxiliares da pintura.
4.1.A camera obscura e a pintura: Vermeer e Descartes.
4.2.O espelho de Claude Lorrain e a sua influência na pintura de paisagem no século xviii.
5.A imagem técnica e a sua fixação e reprodução.
5.1.A invenção da fotografia na confluência entre a Ciência e a Arte.
5.2.Os géneros fotográficos e a sua relação com diferentes práticas sociais.
6.A invenção do cinema: o realismo do espaço e do tempo e a sua transgressão.
6.1.A fantasmagoria e a lanterna mágica como percursores.
6.2.Pioneiros do cinema: Lumiére, Edison.
6.3.George Mélies.
6.4.O cinema surrealista
7.A imagem-video e sua aplicação na Arte.
7.1.Os anos 60 e 70: Video e Performance.
7.2.Os anos 90 e o documentário artístico.

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: