Cultura Alemã do Século XVIII - 1. semestre

Objectivos

a)Adquirir um conhecimento geral da Cultura Alemã setecentista na sua relação com o século anterior;
b)Ser capaz de ler criticamente textos fundamentais no campo da Cultura Alemã do Século XVIII;
c) Delimitar semântica e historicamente o conceito de Aufklärung e de absolutismo esclarecido;
d)Ajudar os estudantes a organizar uma pesquisa bibliográfica tendo em vista uma apresentação oral.


Caracterização geral

Código

711101059

Créditos

6

Professor responsável

Gabriela Fragoso

Horas

Semanais - 4

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português-Alemão

Pré-requisitos

Bons conhecimentos de alemão


Bibliografia

- ANGENENDT, Arnold. Toleranz und Gewalt. Das Christentum zwischen Bibel und Schwert. Verlag Aschendorff, Münster, 2008.
- BARRENTO, J. Literatura Alemã. Vol.I: séc.XVIII. Presença, Lisboa, 1989.
- BEUTIN, W. História da Literatura Alemã (vol.1). Cosmos, Lisboa, 1993.
-BURGSTEDT, Angela. Das Zeitalter der Aufklärung. Wissenschaftliche Buchgesellschaft, Darmstadt, 2004.
- KRONAUER, Ulrich. Gegenwelten der Aufklärung. Universitätsverlag Winter, Heidelberg, 2003.
- GUTHKE, Karl S. Lessings Horizonte. Grenzen und Grenzenlosigkeit der Toleranz. Wallstein Verlag, Göttingen, 2003.
- REED, Terence James. Mehr Licht in Deutschland. Eine kleine Geschichte der Aufklärung. C.H.Beck, München, 2009.
- SCHMALE, Wolfgang. Das 18.Jahrhundert. Böhlau Verlag, Wien, Köln, Weimar, 2012.

Método de ensino

Exposição teórica das principais questões do programa, com aplicação em leituras práticas de textos exemplificativos e discussão em grupo de interpretações de textos pré-definidos; supervisão tutorial do trabalho de investigação conducente à apresentação oral de um tema escolhido pelo aluno. O método de ensino é essencialmente reflexivo e orientado para a problematização dos conteúdos programáticos da UC. Participação dos alunos na apresentação e discussão de textos e documentos fundamentais.

Método de avaliação

Avaliação: uma frequência a meio do período e uma frequência no final (no conjunto:50%); uma apresentação oral (50%).
A participação nas aulas é obrigatória.



Conteúdo

a) Da reforma luterana ao pietismo de Philipp Jakob Spener e de August Hermann Francke;
b) Os escritos teóricos de Johann Joachim Winckelmann e de Gotthold Ephraim Lessing: harmonização entre arte e ética;
c) Do racionalismo sistemático de Christian Wolff ao idealismo de Immanuel Kant;
d) O contributo feminino da Aufklärung: as salonières;
e) Reformas do ensino e novas correntes pedagógicas: o Philanthropinum;
f) Ciência e literatura: a figura do polímata (Universalgelehrter);
g) Viagens de exploração científica: Georg Forster e Alexander von Humboldt;
h) Ecos da Revolução Francesa na Alemanha.