Seminário Artístico 3 - 2. semestre

Objectivos

a) Compreender as problemáticas técnicas e estéticas ligadas à interactividade e ao tratamento e manipulação de som em situações de tempo-real.
b) Adquirir os conhecimentos necessários à concepção e desenvolvimento de algoritmos originais de tratamento de som em tempo-real.
c) Ser capaz de desenvolver conhecimentos de programação em linguagem do tipo Max/Msp.
d) Estar apto para a abordagem técnica e estética à criação musical e manipulação de espaços sonoros em tempo-real.

Caracterização geral

Código

722021035

Créditos

10

Professor responsável

Isabel Pires

Horas

Semanais - 3 letivas + 1 tutorial

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português sem apoio tutorial em LE

Pré-requisitos

N/A

Bibliografia

PUCKETTE, Miller. (2006) Theory and Techniques of Electronic Music. DRAFT.
ROWE, Robert. (2002) Interactive music systems: machine listening and composing, MIT Press, Cambridge, Mass.
WINKLER, Todd. (1998) Composing interactive music : techniques and ideas using Max, MIT Press, Cambridge, Mass.
VINET, Hugues, DELALANDE François and all. (2000) Interfaces homme-machine et création musicale. Paris. Hermes Sciences Publicat.
WINKLER, Todd. (2001) Composing interactive music: techniques and ideas using Max. NY. MIT Press.
Holland, S.; Wilkie, K.; Mulholland, P.; Seago, A. (eds.) (2013). Music and Human-Computer Interaction, London, Springer

Método de ensino

Aulas teórico-práticas. Exposição teórica de técnicas e teorias relacionadas com o domínio de estudo (30%). Audição de obras, discussão e trabalho prático em laboratório. Prática de programação (70%).
Ensino presencial

Método de avaliação

Avaliação contínua através da produção de exercícios práticos em aula (20%). Apresentação de um projecto final de programação interactivo de catácter criativo (60%) e respectivo relatório (20%)
Os projectos finais são susceptíveis de apresentação pública.

Conteúdo

1. Sistemas interactivos e programação gráfica: Noções de interactividades, iniciação às práticas, problemáticas e condicionantes de sistemas interactivos de manipulação áudio em tempo real.
2. Prática de programação de sistemas interactivos de manipulação áudio em ambiente gráfico: O software Max/Msp. Fluxos de informação e processos aleatórios. Síntese e salvaguarda de informação.
3. Processos de analise de sinal em tempo real: Captação de informação e granulação de sinal.
4. Processamento de sinal em tempo real: Manipulação de pitch. Efeitos e filtragem. Gravação e manipulação em directo.
5. Espaços sonoros interactivos: O Concerto e a instalação, os sistemas interactivos e os sistemas reactivos. O corpo como interface e os sensores.
6. Práticas criativas e controlo de performance: Gestão de interfaces, controlo de entradas e envios. Controlo de performance e sequenciação de eventos.

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: