Jornalismo Especializado I - 1. semestre

Objectivos

Concluída a unidade curricular o aluno deverá estar apto a:
1.relacionar os domínios da reflexão e da ação associados ao campo jornalístico em defesa de um jornalismo distinto;
2.distinguir o jornalismo de entre as restantes formas de comunicação, avaliando o seu papel social e missão do jornalista;
3.avaliar os efeitos do mercado no jornalismo e discorrer sobre a melhor forma de ultrapassar os constrangimentos criados;
4.refletir sobre a necessidade de emergir um jornalismo de qualidade;
5.pensar a grande reportagem e a investigação jornalística em televisão;
6.refletir sobre os traços distintivos que definem o perfil do jornalista de investigação.


Caracterização geral

Código

722011136

Créditos

10

Professor responsável

António José Teixeira, Christiana Martins

Horas

Semanais - 3 letivas + 1 tutorial

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

Não aplicável

Bibliografia

AULETTA, Ken, 2003, Backstory, inside the business of news, Penguin Books.
CAGÉ, Julia, 2016, Saving the Media, Cambridge, London, The Belknap Press of Harvard University Press.
COELHO, Pedro, 2015, \"A Investigação Jornalística em TV..., in SERRA, Paulo, SÁ, Sónia, WASHINGTON, Sousa Filho (orgs), A Televisão Ubíqua, Livros Labcom, disponível em http://www.livroslabcom.ubi.pt/book/136.
COELHO, Pedro, 2015, Jornalismo e Mercado, os novos desafios colocados à formação, Livros Labcom, disponível em http://www.livroslabcom.ubi.pt/book/131.
GELLHORN, Martha, 2006, A Face da Guerra, Dom Quixote.
PILGER, John (org,), 2004, Tell me no Lies, investigative journalism and its triumphs, Vintage Books.
RANDALL, 2016, The Universal Journalist, (5th edition), Pluto Press.
STARKMAN, Dean, 2014, The Watchdog That Didn´t Bark, the financial crisis and the disappearance of investigative journalism, New York, Columbia University Press.
VÁRIOS, 2006, The Granta Book of Reportage, Granta Publications, UK.

Método de ensino

O seminário pretende centrar o olhar na reportagem enquanto género nobre do jornalismo, transformando-a em objecto de estudo permanente, através do visionamento crítico de diversas reportagens, emitidas e publicadas nos diversos meios; contribuindo esse visionamento crítico para desconstruir – peça a peça – a narrativa e as opções assumidas pelo repórter. Paralelamente a esse visionamento crítico, de desconstrução – construção, os alunos partirão para a ação jornalística criando, eles próprios, reportagens de investigação.
Haverá, no seminário, uma componente teórica acentuada, centrada, sobretudo, na investigação jornalística e na apreensão do género – reportagem.



Método de avaliação

A soma da participação (associada à assiduidade) nas aulas e a concretização, pelos alunos, de exposições e outros trabalhos (previamente agendados) vale 60% da avaliação. O trabalho final e a apresentação e discussão do mesmo em sala de aula vale os restantes 40%. ndicar ponderações para cada um dos elementos de avaliação

Conteúdo

1. A apreensão das especificidades da reportagem enquanto género jornalístico, apelando ao questionamento permanente dos pormenores que determinam a identidade do género;
2. A apreensão dos conceitos associados à investigação jornalística, em concreto dos elementos distintivos do jornalista de investigação e do jornalismo de investigação;
3. A apreensão das especificidades da investigação jornalística em TV;
4. Uma permanente disponibilidade dos alunos para a acção jornalística no terreno;
5. Um questionamento aprofundado do jornalismo e dos princípios que o enquadram;
6. Uma disponibilidade dos alunos para apreenderem as noções técnicas de base, inerentes à conceção e à edição de conteúdos verdadeiramente distintivos.


Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: