Ecologia da Saúde - 2. semestre

Objectivos

1. Adquirir competências ao nível das dinâmicas específicas das populações humanas, modelos e processos de transição demográfica e epidemiológica. 2. Identificar os grandes temas relacionados com a saúde no contexto de mudança social, bem como a relação entre saúde, ambiente e qualidade de vida. 3. Identificar os determinantes da saúde numa perspectiva ecológica e as desigualdades sociais em saúde. 4. Analisar a construção social da doença e o modo como esta influência as percepções e a experiência de doença e analisar criticamente a progressiva medicalização da vida e reconhecer as implicações sociais desse processo. 5. Conhecer as políticas adoptadas na área da saúde e respectiva adequação aos novos desafios demográficos, ambientais e organizacionais.

Caracterização geral

Código

722071073

Créditos

10

Professor responsável

Ana Paula Gil

Horas

Semanais - 3 letivas + 1 tutorial

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

Não aplicável.

Bibliografia

CARAPINHEIRO, G., CORREIA, T.(2015). Novos temas de saúde, Novas questões sociais. Lisboa: Editora: Mundos Sociais. DAVIDSON, Alan (2015). Social Determinants of Health – a comparative approach. London: Oxford University Press. FERNANDES, Ana A., (2008). Questões demográficas. Demografia e Sociologia da população, Lisboa: Edições Colibri. HONARY, Morteza, BOLEYN, Thomas,(1999), Health Ecology: Health, Culture, and Human-environment Interaction, Routledge. KRUK, M. et.al. (2018), Sistemas de saúde de alta qualidade na era dos objetivos de desenvolvimento sustentátvel, The Lancet Global Health Commission. MARMOT, Michael & ALLEN, Jessica J. (2014). Social Determinants of Health Equity. American Journal of Public Health.Supplement 4, Vol 104, No. S4. MCQUEEN, D., Kickbusch, I, Potvin, L.; Pelikan, J., Balbo, L., Abel, A. (2007). Health modernity - The Role of Theory in Health Promotion, Springer. SCAMBLER, G., (2002), Health and Social Change. A critical theory, Open University Press

Método de ensino

Método de ensino: 3 horas semanais.As aulas são teórico-práticas. As aulas são de caráter expositivo, sobre a matéria teórica, por parte do docente e apresentação e discussão de textos cientificos, por parte dos alunos.

Método de avaliação

Método de avaliação: a)Uma recensão critica sobre um tema na área da saúde global e discussão oral – nota final (40%); b) Um trabalho individual temático– componente escrita (60%) e apresentação oral/discussão (40%) - nota final (60%).c) Avaliação contínua (discussão de textos e participação nas aulas)

Conteúdo

1. Ecologia da Saúde e Saúde Pública: uma relação conceptual As implicações da aplicação do conceito de ecologia humana à saúde A saúde pública: evolução e definição de um conceito Os métodos em saúde pública: estudos ecológicos 2. A saúde pública global: os determinantes da saúde numa perspectiva ecológica A transição demográfica e a transição epidemiológica Os Determinantes da Saúde num mundo globalizado Modelos teóricos em torno dos determinantes em saúde 3. Desigualdades e equidade em saúde Mortalidade, morbilidade e saúde: aspectos populacionais e epidemiológicos Impactos do envelhecimento na saúde das populações 4.Saúde e doença: exploração e definição de conceitos A construção social da saúde e da doença e a sua diversidade cultural O modelo biomédico de doença e a sua crítica 5. As Políticas de Saúde num mundo globalizado e a prevenção da doença

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: